Por que a Gerontologia é considerada uma profissão do futuro?

Roberto Dezorzi
Colaborador do Hora Da Facul
1

Foto: Você sabia? A Gerontologia é uma das profissões do futuro.

Carta da Gerontologia para os leitores

Primeiramente, prazer.

Me chamo Gerontologia, mas imagino que você ainda não me conheça ou tenha ouvido falar quase nada a meu respeito. 

Sou uma ciência que estuda vários aspectos do processo de envelhecimento e da própria velhice. Seja na sua parte física, psicológica ou fisiológica, e até mesmo, na parte social.

Já pensou em fazer sua faculdade dos sonhos à distância?

Tire todas as dúvidas e saiba mais sobre a modalidade EAD

 

Afinal, quando as pessoas envelhecem, elas precisam de apoio e suporte de todos os tipos de profissionais para continuarem sendo membros atuantes de suas comunidades e tenham espaço para poder viver com tranquilidade. Sobretudo, qualidade.

Como área de estudo e profissional, sou pouco falada, mas impacta a vida de muitas pessoas e profissionais. Sou considerada a profissão do futuro porque as pessoas buscam envelhecer melhor, estão sempre na procura para melhorar as suas vidas e eu ajuda elas em todas essas questões. 

Todos querem viver mais e melhor. Por isso e outras razões, eu sou a profissão e uma ciência do futuro. Venha comigo e saiba mais como isso acontece.

Porque a Gerontologia é considerada uma profissão do futuro?

Nós do HF queremos agradecer ao tempo e dedicação da Gerontologia em se apresentar para aqueles que não a conheciam. 

Aproveitando a oportunidade, vamos trazer para todos os leitores porque essa ciência e área de estudo é considerada por muitos especialistas como uma profissão do futuro.

Busca pela qualidade de vida

Agora, recomendamos que olhe ao seu redor. Entre na internet e veja as diversas publicidades que vendem produtos e serviços para melhorar a qualidade de vida.

Independente, se é a sua ou a vida de outras pessoas. 

Muitas empresas focam sua publicidade em uma melhor qualidade de sono, alimentação saudável e nutritiva, dedicação à atividade física e muitas fórmulas para estimular o cérebro e o pensamento cognitivo. Tudo isso, a Gerontologia estuda. 

Uma busca diária

Definitivamente, junto a essas empresas existem gerontólogos trabalhando diariamente levando estudos e análises em todos os aspectos.

Afinal, a qualidade de vida é um tema constante na vida de todos. Não somente entre idosos. Sobretudo, nos adultos e adolescentes que desde cedo estão focando em melhorar seus hábitos com olhos no futuro.

Em suma, a busca por qualidade de vida está ligada ao futuro da própria humanidade, independente da geração. Trabalho para os gerontólogos não vão faltar.

Novas formas de nutrição

Um dos campos de estudo da Gerontologia sem dúvida é a busca por novas formas de nutrição. Basicamente, a alimentação saudável é considerada hoje uma forma de melhorar a qualidade de vida e o dia a dia das pessoas. Afinal, todas as pessoas enfrentam um processo de envelhecimento contínuo.

Por isso, gerontólogos e nutricionistas, ou mesmo, nutricionistas com especialização em Gerontologia, trabalham em novas maneiras e formas de complementar a alimentação diária de idosos e da população em geral.

Quer ver? Vamos colocar abaixo alguns estudos que estão ligados à melhoria da alimentação e que fazem parte do cotidiano da Gerontologia:

  • Desenvolvimento de suplementos alimentares;
  • Impactos de determinado alimento no dia a dia de idosos;
  • Formas de complementar a alimentação com os nutrientes necessários;
  • Estudos e pesquisas ligando aos benefícios de determinado alimento;
  • Novas fórmulas nutricionais e combinação de substâncias;
  • Combinação de alimentos com horários de alimentação;
  • Como as substâncias impactam o desenvolvimento de doenças;
  • Entre outras questões.

Enfim, os estudos ligados à alimentação são constantes e todos os anos novas descobertas surgem no mercado. O futuro está sempre em desenvolvimento e a profissão também.

Longevidade da população

Tecnologia e inovação, aumento da expectativa de vida e até a busca eterna pela juventude. Tudo isso tem um foco, o futuro. 

Atualmente, as pessoas buscam alternativas em todos os segmentos com o simples objetivo de aumentar os seus anos de vida. Fato, todo mundo quer viver mais. E, dentro deste cenário na busca por um viver melhor, está a ciência da Gerontologia.

Desde a faculdade ao mercado de trabalho, a aspirante e o profissional gerontólogo estudam este processo de envelhecimento da população. Com destaque para o aumento da taxa de longevidade dos indivíduos e populações.

Uma sociedade de contrastes

Especificamente, falando no Brasil, a expectativa de vida dos idosos chegou aos 75 anos em 2020. Se formos voltar ao passado, no ano de 1945 a média de idade do brasileiro para o envelhecimento era de apenas 45 anos. Definitivamente, um salta de trinta (30) anos. 

Ou seja, mesmo com os problemas ligados à política, carência no sistema de saúde pública, saneamento básico inexistente na maioria das localidades, e uma produção alimentar crescente, o Brasil prova mais uma vez ser uma sociedade com muitos contrastes.

Já que muitos serviços e políticas públicas, entre 1945 e 2020, causaram uma grande melhora para a população. Entretanto, ainda existem muitas coisas a serem aprimoradas em todo o território. E, todas elas com um impacto direto na qualidade de vida dos cidadãos englobados em qualquer faixa de idade. Do recém-nascido ao idoso.

Em síntese, o trabalho do gerontólogo engloba a dinâmica das sociedades e influência na forma como elas reagem ao envelhecimento dos indivíduos que nela vivem.

Portanto, se trata muitas vezes de uma atividade a médio e longo prazo. Afinal, estamos falando do processo de envelhecimento. Em outras palavras, o futuro de uma pessoa ou de toda uma comunidade.

Uma profissão ligada ao futuro

Enfim, porque o curso e a profissão de Gerontologia é uma área do futuro?

Simplesmente, porque ela está ligada ao seu e ao meu envelhecimento. Ou seja, o gerontólogo sempre está evoluindo e os desafios de sua carreira também. Novas técnicas e conhecimentos, práticas e tecnologias, estão esperando pelo profissional ali na frente e no futuro.

A busca por uma vida mais tranquila e saudável, e o aumento da longevidade nunca vai ser deixado de lado. Ao contrário, cada vez mais o foco das sociedades está ligado a isso.

Portanto, o mercado de trabalho está sempre aquecido. Esperto é aquele que estudo com o olho no seu futuro. 

Não é mesmo?

Quem sabe, seria legal você reler a carta da Gerontologia de novo e ver como ela impacta o nosso mundo. O presente e o futuro.

Curso de Gerontologia: qual o valor?

 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.