Quais as principais rotinas do enfermeiro no hospital?

Roberto Dezorzi
Colaborador do Hora Da Facul

Crédito: Créditos: Pexels.

Saiba mais sobre às atividades diárias dos profissionais de enfermagem e quais as principais rotinas do enfermeiro no hospital.

A arte de cuidar das pessoas, realmente, é isso mesmo. Mas este conceito deve ser explicado com calma e é mais complexo do que parece ser.

A enfermagem é uma arte de cuidar de pacientes, acompanhantes e gerenciar a saúde como um todo. Em relação a esta última atribuição entenda como: coordenar insumos e estruturas, equipes, e os protocolos de saúde.  

Conselho de Enfermagem, normas, regulações e orientações

Em outras palavras, a rotina do enfermeiro deve respeitar determinadas normas e regulamentações, protocolos de atendimento e boas práticas. Todas em acordo com os órgãos e conselhos que regulam a profissão de enfermeiro. Neste caso, o Conselho Federal de Enfermagem, o COFEN.

Em suma, ele é responsável por normatizar e fiscalizar o exercício da profissão de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, zelando pela qualidade dos serviços prestados e pelo cumprimento da lei do exercício profissional da enfermagem.

Portanto, não basta gostar de cuidar das pessoas, você tem que saber o que está fazendo. O enfermeiro precisa respeitar as normas e regulamentações para o exercício da sua atividade.

Rotinas e qualidade no atendimento

A necessidade de rotinas dentro da profissão de enfermagem serve para padronizar todas as etapas do trabalho diário. 

Isso existe para que qualquer atividade na área de saúde tenha qualidade e leve os cuidados necessários a todas as pessoas. De forma a minimizar erros, desvios de conduta e variações não recomendadas dentro da rotina, e que podem gerar situações de risco, tanto para o profissional como para o paciente. 

Em resumo, as principais atividades do enfermeiro em um hospital não são feitas em função do acaso. Elas são precedidas por procedimentos, métodos, tratamentos, atendimentos e sua organização, que respeitam normas e regras para o perfeito exercício da profissão.

Já que o mais importante é garantir a qualidade da assistência à saúde, seja ela no nível que for.

Conhecimento técnico e científico

Em função de tudo isso, mesmo que um cuidador tenha uma predisposição para a profissão, não basta apenas gostar de fornecer atenção, acompanhar uma pessoa doente ou confortar suas respectivas famílias. 

Primeiramente, se você deseja realizar a assistência aos pacientes, dentro do Sistema Único de Saúde (SUS) ou nas diversas posições das instituições privadas, precisa ter conhecimento técnico e científico para cumprir qualquer uma das rotinas do enfermeiro em um hospital, clínica ou demais locais que forneçam serviços de saúde.

Para tal, você precisa de evidências específicas, estudar e se capacitar, buscar uma especialização, caso seja necessário.

Portanto, administrar os cuidados dos pacientes, coordenar e avaliar as equipes de enfermagem e as situações do dia a dia, são tarefas altamente técnicas e complexas.

E sobretudo, qualquer procedimento deve ser bem executado. Já que a vida de outras pessoas depende do seu nível de conhecimentos.

Atualização técnica constante

Neste artigo, desejamos contribuir com novos conhecimentos e experiências trazendo um pouco da realidade do setor de enfermagem e as principais rotinas do enfermeiro em um hospital.

Antes de mais nada, para exemplificarmos quais as principais rotinas do enfermeiro no hospital é necessário que você tenha em mente que o trabalho desse profissional é resultado de anos dedicados ao aprimoramento profissional, teórico e prático.

A área de enfermagem está embasada em uma série de rotinas, procedimentos e formas de assistência à saúde sempre em evolução e com frequente alteração em seus protocolos.

O trabalhador da saúde e a enfermagem

O trabalho na saúde é realizado de uma forma coletiva. Em outras palavras, durante a sua rotina hospitalar, o enfermeiro trabalha com diversos outros agentes de saúde e suas respectivas áreas. Ou seja, o cotidiano em qualquer instituição de saúde é multiprofissional.

Portanto, tenha sempre a noção de que as ações e procedimentos dos enfermeiros são executados em conjunto com outros profissionais: médicos, auxiliares e técnicos de enfermagem, nutricionistas, fisioterapeutas, entre outros profissionais ligados à saúde. 

Além desses, temos os técnicos de segurança do trabalho e do setor de manutenção hospitalar, gestores hospitalares e uma variedade de profissionais ligados aos serviços administrativos. Todos responsáveis por uma determinada engrenagem do sistema de saúde.

Resumindo, o trabalho de enfermagem, simultaneamente, se trata de uma ação produtiva no campo da saúde e uma interação social.

Quais as principais rotinas do enfermeiro no hospital?

Podemos descrever muito sobre quais as principais rotinas do enfermeiro em um hospital. Acompanhe:

Áreas diferentes necessitam de rotinas diferentes

Sem dúvida nenhuma, a enfermagem coloca qualquer hospital em funcionamento e alcança todas as suas áreas. E cada uma delas vai exigir um tipo de rotina. 

De um modo geral e resumido, vamos ilustrar abaixo no que chamamos de clínica, setor ou departamento (pediatria, centro obstétrico, masculina ou feminina, etc.).

Entretanto, a sequência apresentada certamente é bastante geral e não engloba em detalhes a rotina de um profissional da enfermagem:

  1. Passagem do plantão ou turno. Em resumo, a troca da equipe.
  2. Compartilhamento de informações sobre os status de cada paciente e intercorrências do período.
  3. Visita do dia, e com ela a administração de medicamentos, dietas e realização de exames ou coletas, banhos, etc.
  4. Análise da evolução e quadro clínico dos pacientes com a presença de um médico especialista.
  5. Rotinas administrativas junto aos demais profissionais do hospital, treinamentos, reuniões, entre outras atividades.

Em síntese, tudo isso pode variar de hospital para hospital e de setor para setor.  Entretanto, o que será sempre igual são os protocolos e procedimentos estabelecidos e regulamentados pelo COFEN e que devem ser seguidos.

Aproveite e confira abaixo os tipos de enfermeiros que podem ser encontrados em uma grande unidade hospitalar.

  • Enfermeiro geral
  • Enfermeiro pediatra
  • Enfermagem neonatal
  • Enfermeiro intensivista
  • Enfermeiro obstetra.
  • Enfermeiro auditor
  • Enfermeiro do Trabalho
  • Diretor de enfermagem
  • Enfermeiros chefes de clínicas e eetores

Em todos os setores de um hospital

Da pediatria ao centro obstétrico, onde nascem os bebês. Igualmente, da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) até o pronto atendimento e pronto socorro. Lá estão esses profissionais sempre em prontidão. 

Acima de tudo, o enfermeiro é o responsável pelo primeiro atendimento. Desde a triagem, em que o paciente chega a uma unidade de saúde até a administração dos primeiros socorros e medicamentos. 

Mais sobre as atividades dos enfermeiros

Ao mesmo tempo em que o profissional de enfermagem auxilia médicos, durante cirurgias e muitas vezes está presente ao seu lado em tratamentos ou recuperações pós-cirúrgicas. 

Ele realiza uma dezena de avaliações iniciais, coletas de exames e visitas periódicas junto às diversas clínicas existentes dentro de uma unidade de saúde. Independente de ser um Posto de Saúde ou um Hospital de Alta Complexidade.

Rotina e comprometimento

Enfim, trabalhar em hospitais e clínicas médicas pode ser o caminhos mais naturais para quem vir a se formar em Enfermagem.

A rotina hospitalar necessita de disciplina e comprometimento humano por parte de cada profissional da área de saúde.

Podemos adicionar a isso, amor à profissão e dedicação ao próximo, pacientes e acompanhantes, e também, seus próprios colegas e demais profissionais. Serão dezenas de plantões, com desafios técnicos, físicos e psicológicos.

O mais importante, em termos de rotina, pode ter certeza que todo dia será diferente. Aproveite e saiba mais sobre a área de enfermagem em nossos outros materiais.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 3.4 / 5. Contagem: 5

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.