Qual é o preço do curso de DevOps?

Ana Cláudia Andrade Oliveira
Formada em Letras, Pedagogia, especialista em Neurociências e em produção de conteúdo Web.

Foto: Uma mulher sentada à mesa, trabalhando e estudando Devops.

À primeira vista, a busca pela realização de cursos superiores na área da tecnologia está extremamente alta, como o curso de DevOps. Vista pelos leigos como uma área onde uma única pessoa pode desenvolver diversos papéis, a realidade no mercado é outra. 

Na prática, a procura por profissionais especializados em áreas específicas do campo tecnológico é interminável. Assim, a demanda é alta, seja como desenvolvedor back-end ou front-end, desenvolvedor WEB, desenvolvedor mobile, analista de sistemas, cientista de dados, ou no caso, profissional Devops. 

Se você, como diversos outros jovens que visam uma carreira estável e promissora no mercado, tem interesse na área de tecnologia, a especialização em DevOps pode ser a melhor opção. Este artigo busca sanar as questões quanto a esta profissão, como o custo do curso e a realidade do mercado. Confira na sequência.

Qual o preço do curso de Devops?

Como um curso superior, a graduação em Devops possui um diploma de tecnólogo. Diferentemente do bacharel e da licenciatura, o tecnólogo é realizado em média em dois anos e tem um foco na inserção direta no mercado de trabalho e na parte prática. Podendo ser realizado de forma presencial ou EAD, o curso Tecnólogo de DevOps está disponível em diversas instituições espalhadas pelo Brasil. 

Não apenas, também é uma área que pode ser desbravada para aqueles já graduados em um curso superior. Na Universidade Presbiteriana Mackenzie, por exemplo, é ofertado a especialização lato sensu (uma pós-graduação) em DevOps Engineering and Cloud Solutions.

Também, a Faculdade Anhanguera dispõe do tecnólogo em DevOps na modalidade a distância, oferecendo o curso com duração prevista para quatro semestres. Especificamente nesta instituição, a mensalidade se dá a partir de R$169,90.

Já em outras instituições, a média permanece nesta faixa, sendo possível encontrar mensalidades a partir de R$159,90. É claro, não podemos deixar de mencionar que há vestibulares e oportunidades de ingresso com bolsas integrais ou parciais em diversas faculdades, inclusive a particulares. 

Nesse ínterim, cabe ao estudante encontrar o lugar de sua preferência que ofereça o curso, com a grade que mais se identifique. Não apenas isso, mas também é importante fazer a busca de como é feita a entrada na graduação. Ou seja, se é por intermédio de vestibulares ou a partir da matrícula direta. Bem como é preciso pesquisar bem para encontrar descontos e bolsas.

Grade curricular 

A princípio, conhecer as grades que cada instituição oferece é essencial para tomar a sua decisão quanto à área da tecnologia a seguir. Por isso, trouxemos uma das principais grades para o tecnólogo em Devops. 

A Faculdade Anhanguera dispõe de uma grade curricular plural. Sendo composta pelas seguintes disciplinas:

  • Algoritmos e Programação Estruturada;
  • Análise e Modelagem de Sistemas;
  • Análise Orientada a Objetos;
  • Arquitetura e Organização de Computadores;
  • Atividade Complementar;
  • Desenvolvimento e Monitoramento de Dashboards;
  • Ed – Cultura Digital;
  • Ed – Design Thinking;
  • Ed – Marketing Digital;
  • Ed – Mindset Ágil;
  • Educação a Distância;
  • Entrega e Implantação Contínua
  • Governança de Tecnologia;
  • Infraestrutura Ágil;
  • Integração Contínua;
  • Linguagem de Programação;
  • Linguagem Orientada a Objetos;
  • Lógica Computacional;
  • Modelagem Banco de Dados;
  • Monitoramento e Indicadores;
  • Optativa;
  • Programação e Desenvolvimento De Banco De Dados;
  • Projeto de Software;
  • Projeto Integrado I;
  • Projeto Integrado II;
  • Projeto Integrado III;
  • Projeto Integrado IV;
  • Qualidade e Automação de Testes;
  • Redes e Sistemas Distribuídos;
  • Segurança e Auditoria de Sistemas;
  • Sociedade Brasileira e Cidadania.

Definitivamente, podemos perceber a presença de disciplinas para fomentar a inserção do profissional no mercado de trabalho. A exemplo dessas disciplinas temos Mindset Ágil e Marketing Digital. Tais disciplinas, além de facilitar e destacar você no mercado de trabalho, também lançam bases para o empreendedorismo na área. 

Assim também não faltam disciplinas ligadas diretamente à linguagem de programação e referentes às Ciências Exatas. Por exemplo, temos matérias  como Linguagem de Programação e Modelagem Banco de Dados.

Mas, afinal, o que faz o profissional de DevOps?

Primeiramente tem uma definição dada pelo portal Gaea. Eles explicam de forma clara que “DevOps é uma metodologia de desenvolvimento de software que utiliza a comunicação para integrar desenvolvedores de software e profissionais de infraestrutura de TI”.

Dessa forma, o especialista desta área tem a função de integrar a tecnologia de informação. Bem como dados, sistemas e operações. Tal integração é com o próprio desenvolvimento de softwares e setores do desenvolvimento e da engenharia. 

Ainda mais, esse profissional auxilia empresas em sua estrutura interna por utilizar de metodologias e abordagens que prezam pela maximização e a otimização de sistemas de produção de diferentes tipos. O profissional de DevOps é frequentemente requisitado pelo mercado por seu papel na automatização das instituições e organizações.

O portal da Microsoft Azure define da seguinte maneira o papel do DevOps no mercado: “O DevOps permite que funções anteriormente isoladas – desenvolvimento, operações de TI, engenharia da qualidade e segurança – atuem de forma coordenada e colaborativa para gerar produtos melhores e mais confiáveis.”

A busca do mercado por profissionais DevOps e o salário

De antemão, a busca pelo profissional de DevOps pelo mercado se dá pela automatização e eficiência promovida pelas ações e ferramentas deste campo. Com a modernização da sociedade cada vez mais em ascensão, a demanda pela rapidez é extremamente alta. 

Sendo assim, as práticas de DevOps se propõem a crescer simultaneamente com as demandas da modernidade, sanando-as. As startups, juntamente com grandes empresas que prezam pela inovação, transformação e automatização, buscam constantemente por este especialista. 

Em suma, é um mercado aquecido e promissor. Com a grande busca por parte da iniciativa privada, e pela estabilidade de ser uma profissão extremamente atual, o especialista em DevOps tem uma grande vantagem no mercado de trabalho.

O salário

No ano de 2021, o salário médio deste profissional é de R$6.377,00 por mês, segundo o portal Glassdoor. O piso salarial, correspondente aos menores salários analisados pela plataforma, é de aproximadamente R$3.000,00. Enquanto o teto salarial, correspondente aos maiores salários analisados pela plataforma, é de aproximadamente R$12.000,00.

Portanto, se você, estudante, tem o foco na carreira tecnológica, de fato é um bom momento para seguir em frente. O investimento na formação em DevOps é válido, considerando o retorno e a estabilidade que a profissão pode proporcionar.

Enfim, após conferir o preço do curso de DevOps, conheça ainda mais com a área e confira Como é o curso de DevOps.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.