Qual é o salário de engenheiro civil júnior?

Beatriz Scotti
Colaborador do Hora Da Facul

Crédito: Foto: Pixabay de Pexels

Antes de mais nada, é preciso entender que a engenharia civil trabalha com uma hierarquia, de acordo com a função e com a experiência. Então, o salário de um engenheiro civil júnior, ou iniciante será diferente do salário de um profissional sênior.

Dessa forma, criamos para você uma lista de quais as posições de hierarquia mais comuns encontradas em empresas para profissionais formados no curso de engenharia civil.

  • Estagiário 
  • Trainee 
  • Engenheiro civil júnior
  • Engenheiro civil pleno
  • Engenheiro civil sênior

Em suma, o estagiário de engenharia civil, é o estudante, que começa a trabalhar para aprender as funções e ver na prática aquilo que está estudando. Continuando, o trainee é o recém-formado, que entra em um programa de treinamento específico da empresa, para aprender e desenvolver habilidades.

Você sabe qual área da Engenharia Civil mais combina com você?

 

Preparamos um quiz para você descobrir o seu perfil

 

De modo geral, é considerado um engenheiro civil júnior aquele que tem até 4 anos de experiência na função. Continuando, um engenheiro civil pleno é quem tem de 4 a 6 anos de trabalho. E finalmente um engenheiro civil sênior é aquele que tem acima de 6 anos na empresa.

Sendo assim, as funções e o salário de um engenheiro civil variam de acordo com a sua posição na escala hierárquica da profissão.

O que faz um engenheiro civil júnior?

No caso de um engenheiro civil júnior, as atribuições vão estar de acordo com o seu lugar na hierarquia. Lembrando que esse profissional está começando a sua carreira e tem menos de 4 anos de experiência na função.

Por isso as funções de um engenheiro civil júnior vão ser mais iniciantes. Mas é sempre importante lembrar que em qualquer profissão é preciso começar por funções menores para ir aprendendo o ofício.

Para saber mais sobre o que normalmente faz um engenheiro civil júnior fizemos uma lista:

  • Acompanhamento dos pedidos de assistência técnica
  • Controle de qualidade no atendimento e execuções de serviços das obras
  • Análise e melhoria de procedimentos executivos de obras 
  • Análise e solução de patologias de obras
  • Gerenciamento dos canteiros de obras
  • Indicação de contratações
  • Emissão de relatórios de empreiteiros
  • Direcionamento de correspondências
  • Controle de custos
  • Gestão do CRM da assistência técnica 

Exigências para ser um engenheiro civil júnior

Primeiramente, para poder trabalhar como engenheiro civil júnior, é obrigatório ter o diploma de uma faculdade credenciada no MEC.

Para isso é preciso se formar em um curso de bacharel em engenharia civil, como o da Anhanguera. Lembre-se, sempre busque instituições credenciadas no MEC para que seu diploma seja válido e você possa realmente atuar na profissão que escolheu.

Além disso, outra coisa importante que muitas pessoas negligenciam é fazer o seu cadastro no órgão regulador de sua profissão. No caso do engenheiro civil Júnior esse órgão é o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), que gera um número de registro e o engenheiro utiliza para assinar projetos.

Salário do engenheiro civil júnior

Primeiramente, o salário médio de um engenheiro civil júnior é de R$5.014,12. Porém é sempre importante ressaltar que o valor, como acontece em qualquer outra profissão, varia de cidade para cidade.

Por exemplo, em uma cidade em que há pouca demanda de trabalho, o salário médio de um engenheiro civil pode ser menor. Sendo assim, o salário também vai ser menor. Por outro lado, o contrário também acontece, uma demanda maior pode gerar um salário maior.  

Além disso, o salário médio de R$5.014,12, para um engenheiro civil júnior é para uma jornada de trabalho de 41h semanais.

Para poder continuar a carreira e descobrir formas de crescer na hierarquia e conquistar salários melhores, a primeira coisa a ter em mente é traçar metas:

  1. Cursos rápidos
  2. Especialização
  3. MBA
  4. Mestrado

Cursos rápidos

Os cursos rápidos são uma ótima opção para desenvolver habilidades pontuais. Seja para suprir uma necessidade específica da empresa em que você trabalha. Se você não tem tempo ou dinheiro para um curso maior, essa também pode ser uma boa opção para melhorar seu currículo.

Especialização

Uma especialização é uma ótima forma de conseguir se destacar no mercado. Além disso, você pode focar na área em que mais possui habilidades na engenharia civil. Portanto, é uma ótima opção para um engenheiro civil júnior, que busca melhorar seu salário.

MBA

O MBA é uma opção para quem busca aprender a lidar com ferramentas de gestão, tanto para lidar com funções do seu emprego, como para aqueles que desejam abrir uma empresa. Então, se esse é o seu caso, se você pretende abrir uma empresa no futuro, essa é uma ótima opção para você.

Mestrado

Nesse caso, é mais focado para aqueles que querem seguir na carreira acadêmica, além de conseguir o título de mestre.

Em conclusão, após conseguir o seu certificado de formação de bacharel em engenharia civil, as opções para trabalhar e para seguir sua carreira vão ser muitas. Lembre-se sempre de ter em mente aonde quer chegar. E sempre buscar oportunidades que te deixem mais perto dos seus objetivos profissionais.

Cargos de um engenheiro civil

A engenharia civil está presente nas mais variadas áreas de nossa vida. Antes de tudo, pela moradia, pelo desenvolvimento e construção de casas e prédios. Porém, não apenas no desenvolvimento de edifícios para moradia, mas também os de trabalho. Continuando, o profissional de engenharia civil é responsável pela criação de estradas e pontes, para podermos nos deslocar.

Por fim, precisamos lembrar que ele também está presente até mesmo em situações de saúde e higiene, como no saneamento. Além de escoamento e direcionamento de água pluviais e muito mais.

Entre as mais diversas funções de um engenheiro civil, podemos destacar algumas como:

  • Coordenador de obras
  • Fiscal de conservação civil
  • Gerente de obra
  • Projetista
  • Consultor
  • Engenheiro orçamentista
  • Engenheiro de manutenção
  • Diretor de engenharia civil
  • Vendedor técnico

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.