Qual é o salário do engenheiro mecânico pleno?

João Victor Chiaratti Maissen
Profissional graduado em Publicidade e Propaganda pela ESPM com experiências em Marketing Digital, Relações Públicas, Produção de Eventos e Comunicação em negócios das áreas de educação, entretenimento, e-commerce, varejo, entre outros. Estou disposto a ser um grande pensador criativo com uma mentalidade estratégica.
1

Crédito: Foto de Kateryna no Pexels.

A engenharia mecânica é uma principais áreas desse setor pela projeção, manutenção e operação de sistemas mecânicos. Em resumo, tudo o que envolve a construção e análise de máquinas são campos de estudo da Engenharia Mecânica.

Além de atuar com grandes maquinários, o engenheiro mecânico também atua em projetos de tecnologia, liderando grandes equipes e garantindo a qualidade de todos os processos envolvidos. Nesse contexto, o engenheiro mecânico pode atuar em grandes indústrias, usinas e diversificadas empresas. 

Portanto, o engenheiro mecânico é responsável desde a criação de pequenas máquinas, como ar-condicionados por exemplo, até grandes frotas, como aviões de guerra e foguetes. Logo, para aqueles que buscam trilhar seu caminho como engenheiro mecânico, é necessário possuir um diploma de bacharel em Engenharia Mecânica em uma instituição reconhecida pelo MEC. Além disso, esses profissionais precisam obter o registro profissional pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do estado onde atua.

Engenharia Mecânica é o curso certo para você?

 

Preparamos um teste para você descobrir se tem o perfil para ser um engenheiro mecânico

Bom, se você deseja fazer parte desse mundo, venha com a gente descobrir qual é o salário do engenheiro mecânico pleno!

O que faz um engenheiro mecânico pleno?

Por acaso, você sabe o que faz um engenheiro mecânico pleno? Para descobrirmos a remuneração de um engenheiro mecânico pleno, precisamos entender quais são as principais funções desse profissional. Afinal, não tem como descobrir a faixa salarial de um engenheiro mecânico sem compreender completamente o que ele faz.

Bom, como todos já devem saber, no mercado de trabalho existem determinados níveis de cargos. Em resumo, o nível e o tipo de função varia de acordo com o seu tempo de formação e experiência. Sendo assim, na maioria dos casos, os níveis de experiência são: júnior, pleno e sênior. Porém, é necessário ressaltar que esses cargos podem variar entre uma empresa e outra. Além disso, os salários também podem ser diferentes.

Nesse sentido, o engenheiro mecânico pleno está praticamente no meio da pirâmide da hierarquia. Conforme esse profissional for lidando com tarefas e cargos com mais responsabilidade, ele irá ganhar habilidades e competências essenciais para lidar com tarefas bem mais complexas. Portanto, o engenheiro mecânico pleno já não desempenha mais funções de um cargo de recém-formado ou de um engenheiro júnior, ele está no meio do percurso para se tornar um grande profissional de Engenharia Mecânica. 

De maneira geral, os engenheiros mecânicos plenos são aqueles que acumulam entre 5 e 10 anos de experiência em uma área específica. Contudo, isso não é uma regra. Afinal, como dito acima, isso pode variar de acordo com o local de trabalho e nem todo profissional com mais de 5 anos de experiência pode ser considerado pleno.

A base salarial de um engenheiro mecânico pleno

Após alguns anos de experiência no mercado de trabalho, o engenheiro mecânico pleno já adquiriu conhecimento e habilidades suficientes para assumir posições mais complexas. Portanto, a base salarial deste engenheiro é maior do que engenheiros mecânicos recém-formados e juniores. 

De acordo com o site jobbydoo, um engenheiro mecânico pleno ganha em média R$ 7.720,00 por mês, enquanto o site Catho aponta uma média de R$ 7.790,78. Por último, o site Glassdoor informa que a média salarial para um engenheiro mecânico pleno é de R$ $10.000,00.  Logo, podemos afirmar que o valor do salário de um engenheiro mecânico pleno é entre R$ 7.000,00 e R$ 10.000,00.

A média salarial do engenheiro mecânico pleno de acordo com a empresa

Algo que já falamos acima, mas que é sempre bom ressaltar, é o fato de que o salário mínimo do engenheiro mecânico pleno pode variar de acordo com a sua função e com o local de trabalho. Logo, o site Salario.com.br fez uma pesquisa com salários de vários profissionais e divulgou a variação da base salarial de acordo com o porte da empresa. 

Confira abaixo:

Média salarial do engenheiro mecânico pleno em microempresas: R$ 8.376,93
Média salarial do engenheiro mecânico pleno em empresas de pequeno porte: R$ 8.389,40
Média salarial do engenheiro mecânico pleno em empresas de médio porte: R$ 8.881,93
Média salarial do engenheiro mecânico pleno em empresas de grande porte: R$ 9.273,12

Salário-base de um engenheiro 

Uma informação que todos os engenheiros podem estar cansados de ver, mas que é extremamente importante de saber, é a respeito da Lei nº 4.950-A, de 22 de abril de 1966.

Para aqueles que não a conhecem, a gente explica. Em resumo, essa lei regulamenta o salário-base para os profissionais formados no curso de Arquitetura, Engenharia, Química, Agronomia e Veterinária. Logo, de acordo com a lei, o engenheiro mecânico deve receber o valor mínimo de seis vezes o salário mínimo vigente no país, em uma jornada de trabalho de seis horas diárias. Nesse sentido, confira os valores estipulados pela lei:

Jornadas de seis horas diárias de trabalho: 6 salários mínimos;
Jornadas de sete horas diárias de trabalho: 7,25 salários mínimos;
Jornadas de oito horas diárias de trabalho: 8,25 salários mínimos.

A faculdade de Engenharia Mecânica

Nessa altura, você já deve estar cansado de saber quais são as principais funções da área de Engenharia Mecânica. Porém, é sempre bom relembrar elas. Em resumo, a Engenharia Mecânica é responsável por tudo que envolve o universo de sistemas mecânicos. Assim sendo, a faculdade deve preparar o futuro profissional para os mais diversos tipos de atividades, como por exemplo, o gerenciamento de grandes projetos, o cálculo e análise de maquinários, o controle de qualidade de processos industriais, etc. 

Além de tudo isso, é na graduação que o aluno de Engenharia Mecânica terá contato com o conhecimento teórico e técnico que ele precisa dominar para estar preparado para o mercado de trabalho. Portanto, tudo o que estiver relacionado com o desenvolvimento de máquinas e equipamentos e o seu bom funcionamento deve estar presente na graduação de Engenharia Mecânica.  Confira abaixo alguns matérias que integram a grade curricular de uma faculdade de Engenharia Mecânica:

  • Física;
  • Introdução à Engenharia Mecânica;
  • Desenho Técnico Mecânico;
  • Geometria Analítica;
  • Cálculo;
  • Introdução à Programação para Engenharias;
  • Química;
  • Álgebra Linear;
  • Estática Aplicada às Máquinas;
  • Usinagem dos Metais;
  • Mecânica dos Sólidos;
  • Engenharia e Ciência dos Materiais;
  • Eletricidade e Magnetismo;
  • Termodinâmica;
  • Máquinas Hidráulicas;
  • Elementos de Máquinas;
  • Humanidades e Ciências Sociais;
  • Sistemas Térmicos de Potência.

Vale lembrar que cada instituição de ensino possui uma grade curricular própria, algumas matérias podem ser iguais e outras diferentes. Então, esses são exemplos de algumas matérias, podendo ser diferente em outras faculdades e universidades.

Pronto, agora você já sabe qual é o salário do do engenheiro mecânico pleno, o que achou?

Para você que quer entrar na faculdade de Engenharia Mecânica, separamos algumas matérias que podem ser interessantes para você. Confira abaixo:

O que faz um Engenheiro Mecânico?

O que saber sobre a faculdade de Engenharia Mecânica

Quais são as principais matérias de Engenharia Mecânica?

Principais áreas de atuação da Engenharia Mecânica

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.