Quanto ganha um agrônomo recém-formado?

João Victor Chiaratti Maissen
Profissional graduado em Publicidade e Propaganda pela ESPM com experiências em Marketing Digital, Relações Públicas, Produção de Eventos e Comunicação em negócios das áreas de educação, entretenimento, e-commerce, varejo, entre outros. Estou disposto a ser um grande pensador criativo com uma mentalidade estratégica.
1

Crédito: Foto de Vlad no Pexels.

Chegou a hora de escolher a faculdade e nós sabemos que essa é uma decisão muito difícil. Assim sendo, são muitas questões que precisam ser respondidas para descobrir qual é o melhor curso para você. Portanto, iremos falar um pouco mais sobre o curso de Agronomia e responder a seguinte pergunta: quanto ganha um agrônomo recém-formado?

No Brasil, não é novidade para ninguém que o setor de Agronomia e Agropecuária estão sempre em crescimento. Em resumo, eles são essenciais para o desenvolvimento econômico do país. Afinal, o imenso território brasileiro e seu clima favorecem o progresso dessas duas áreas.

Só para ter uma ideia do poder desses dois setores, a soma de bens e serviços gerados no agronegócio chegou a R$ 1,55 trilhão ou 21,4% do PIB brasileiro. Nesse sentido, a parcela agrícola é a que detém maior parcela sobre esse valor. Em outras palavras, ela corresponde a 68% desse valor (R$ 1,06 trilhão), enquanto a pecuária corresponde a 32%, ou R$ 494,8 bilhões. Veja mais aqui.

Vai prestar vestibular para Agronomia?

Descubra qual área mais combina com você

 

Portanto, vamos descobrir quanto ganha um agrônomo recém-formado?

Diferença entre Agronomia e Engenharia Agrônoma

Antes de mais nada, você precisa entender bem a diferença entre Agronomia e Engenharia Agrônoma. Apesar desses dois termos serem semelhantes em vários aspectos, as duas profissões são bem diferentes. Por acaso, você sabe qual é a diferença? Vem que a gente te explica! 

Engenheiro agrônomo: esse tipo de engenheiro atua diretamente com todas as atividades relacionadas ao solo, na pesquisa e desenvolvimento de processos e produtos associados ao agronegócio. Além disso, o engenheiro agrônomo, também, pode atuar no controle do ambiente.

Agrônomo: o agrônomo lida com assuntos diretamente ligados ao agronegócio, como os processos de produção vegetal e animal, melhorias genéticas, a biotecnologia de adubos e sementes a fim de aumentar a produção em massa, etc.

O profissional de Agronomia

A faculdade de Agronomia, de maneira geral, prepara seus alunos para atividades que desenvolvam uma determinada região por meio da produção de alimentos, sempre respeitando o meio ambiente e a sociedade. Então, o curso de Agronomia deve oferecer um grade curricular com muitas atividades teóricas e práticas ao longo dos anos de graduação. Sendo assim, os futuros agrônomos entram 100% preparados para o mercado de trabalho.

Muitas pessoas acham que o agrônomo só cuida da manutenção e do bem-estar dos solos. Porém, caso você ache que essa é a sua única função, você está enganado. Afinal, o mercado de Agronomia é muito diverso e dinâmico. Em resumo, o setor de Agronomia combina diversas áreas e setores, e não somente a combinação das áreas exatas e biológicas. 

Além dessas duas áreas, o agrônomo deve dominar assuntos referentes às ciências econômicas e sociais. Portanto, o profissional de Agronomia deve estar apto a dominar diversos tipos de funções no mercado de trabalho. Sendo assim, as tarefas são variadas, desde a criação de animais até a administração de uma área ou empresa. 

Áreas da Agronomia

Como descrito acima, o mercado de trabalho para um agrônomo é bem diverso e não restrito somente ao cuidado de  solos. Então, separamos abaixo, algumas das principais áreas de atuação de um agrônomo. Confira:

  • Engenharia Agrônoma;
  • Vigilância sanitária;
  • Gestão rural;
  • Indústria de alimentos;
  • Zootecnista;
  • Gestão de agronegócios;
  • Melhoramento de solos;
  • Fitotecnia;
  • Biotecnologia;
  • Sustentabilidade ambiental;
  • Pesquisador;
  • Ensino;
  • Terceiro setor.

A média salarial de um agrônomo 

Primeiramente, antes de ingressar no mercado de trabalho, tenha em mente que  o salário do agrônomo é regulamentado pela Lei nº 4.950-A, de 22 de abril de 1966.

Caso você nunca tenha escutado falar sobre ela, fique tranquilo pois estamos aqui para te ajudar. Em resumo, essa lei regulamenta o salário-base para os profissionais formados no curso de Arquitetura, Engenharia, Química, Agronomia e Veterinária. Portanto, de acordo com a lei, o agrônomo deve receber o valor mínimo de seis vezes o salário mínimo vigente no país, em uma jornada de trabalho de seis horas diárias. Sendo assim, confira os valores estipulados pela lei:

Jornadas de seis horas diárias de trabalho: 6 salários mínimos;
Jornadas de sete horas diárias de trabalho: 7,25 salários mínimos;
Jornadas de oito horas diárias de trabalho: 8,25 salários mínimos.

A base salarial de agrônomo recém-formado

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o mercado de trabalho do agrônomo, nós podemos descobrir qual é a remuneração de um agrônomo recém-formado. Antes de mais nada, tenha em mente que esse profissional acabou de  sair da faculdade e de ingressar no mercado de trabalho. Logo, a faixa salarial do agrônomo recém-formado é mais baixa em relação a outros profissionais de Agronomia.

De acordo com o site salario.com.br, um agrônomo recém-formado ganha em média R$ 7.352,03 mensais, enquanto o site Educa+Brasil informa uma média de R$ 3.210,00. Além desses, o site Glassdoor informa que a média salarial para um agrônomo recém-formado é de R$ 3.000,00.

Portanto, podemos afirmar que um agrônomo recém-formado ganha entre R$ 3.000,00 e R$ 7.400,00.

O perfil do profissional de Agronomia

Como já falado acima, a faculdade de Agronomia é bastante interdisciplinar e ela deve preparar os futuros agrônomos para um mercado bem dinâmico e exigente. Portanto, ela precisa oferecer uma grade curricular com muito conhecimento teórico e prático. Sendo assim, o mercado de trabalho exige muitas responsabilidades. Então, veja abaixo quais são as principais características do profissional de Agronomia.

  • Ser bem analítico e possui uma ótima capacidade de gestão;
  • Saber coordenar e fiscalizar projetos agroindustriais e do agronegócio;
  • Dominar conhecimentos técnicos;
  • Ser estratégico e proativo;
  • Ter consciência socioambiental;
  • Gostar de tecnologia;
  • Possuir uma ótima comunicação interpessoal;
  • Atuar com ética e consciência.

Agora que você descobriu quanto ganha um agrônomo recém-formado, você já pode começar a entender se é essa a graduação perfeita para você. Com certeza, após entender como é o curso, o perfil do aluno e o mercado de trabalho de Agronomia, será mais fácil tomar essa decisão.

Separamos algumas notícias que podem te ajudar, olha só:

O que faz um agrônomo?

Matérias da Faculdade de Agronomia

Saiba quanto ganha um agrônomo

Descubra as principais áreas em Agronomia

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.