Quanto ganha um arquiteto?

Tais Carra
Estrategista de marca, contadora de história e designer thinker com 9 anos de experiências em comunicação digital. Construí minhas experiências de forma bem diversificada envolvendo três áreas centrais: inovação, produto e marketing. Crio e escrevo semanalmente para diversas empresas. Meu trabalho é construir experiências e estratégias através de criação de texto útil e relevante para gerar ação, circularidade, e crescimento de receita.
1

Crédito: Foto de Karolina Grabowska no Pexels

Se você deseja saber quanto ganha um arquiteto? Quais as áreas estão em alta? E gostaria de mais informações sobre essa carreira? Então, esse conteúdo foi feito para você. 

O mundo precisou mudar muito rápido devido à pandemia da covid-19. Assim diversos setores sofreram impactos. Embora, o Mercado de Arquitetura se manteve estável durante a pandemia, segundo pesquisa realizada pela Archademy, maior plataforma de Arquitetura e Design de Interiores do país. 

Basta olhar a sua volta, quase tudo foi planejado por um arquiteto! Além das grandes possibilidades de atuação podendo projetar desde apenas um espaço em residencial até um projeto arquitetônico gigantesco com um estádio de futebol. 

Se você está de olho nessa carreira, vamos abordar quanto é o salário médio de arquiteto, as áreas em alta para te ajudar na sua decisão. Confira!

Afinal, quanto ganha um arquiteto?

Se você gosta de decoração e sonha em planejar espaços, a arquitetura pode ser uma opção. Trata-se de uma carreira bastante conhecida e requisitada no Brasil. Além disso, conforme a especialização maior será a remuneração. 

Segundo dados do Conselho de Arquitetura e Urbanismo, em 2020 esse foi o serviço que sofreu menos impactos com a pandemia do covid-19: queda de 3,7%.

Mas, primeiro, para exercer a atividade de arquitetura é necessário possuir diploma de curso superior de Arquitetura reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação) e registro profissional junto ao CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia).

A média salarial pode ter diferença devido a diversos fatores, como, por exemplo, as maiores remunerações estão nos centros urbanos. Segundo pesquisa do Site Nacional de Empregos (Sine), a média salarial varia de R$2.755 e R$11.368, dependendo do nível profissional e do porte da empresa.

Assim como em outras profissões o piso salarial é regulamentado por lei. 

  • Arquiteto com jornadas menores que 6 horas — no mínimo, R$ 45,36 por hora;
  • Arquiteto com jornada de 6 horas — no mínimo, 6 salários mínimos;
  • Arquiteto com jornada de 7 horas — 7,25 salários mínimos;
  • Acima de 8 horas: 8,5 salários mínimos.

Salário de um arquiteto

A arquitetura se mantém há anos como uma das mais desejadas graduações pelos estudantes brasileiros. Isso devido a uma série de fatores, pois há sempre crescente demanda por profissionais nesta área. O salário de um arquiteto também é algo que atrai a futura geração de profissionais. 

A escolha da especialização também não é uma das atividades mais simples, pois é necessário muito autoconhecimento. Afinal será sua carreira após formação. 

Segundo dados de 2019  do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o salário médio por especialidade são os seguintes:

  1. Arquiteto Urbanista, salário médio: R$5.541
  2. Arquiteto de Edificações, salário médio: R$ 5.096
  3. Arquiteto urbanista salário médio: R$ 4.563
  4. Arquiteto de interiores, salário médio: R$ 4.393
  5. Arquiteto paisagista, salário médio: R$ 3.620
  6. Arquiteto de patrimônio, salário médio: R$3.544

Áreas em alta na Arquitetura

Especialista em BIM

Ainda há muita confusão em relação ao termo BIM — BIM (Building Information Modeling), não é um software e sim é uma tecnologia que trouxe inúmeras vantagens para construção civil e arquitetura. Além do mais, revolucionou a forma de projetar, gerenciar e apresentar empreendimentos na construção civil.

Necessita de mão de obra bastante especializada por parte dos arquitetos, pois permite criar modelos inteligentes, facilitando a visualização das intervenções que serão necessárias para todas as etapas de um projeto. 

Especialista em iluminação

Essa carreira está em alta, sua importância é enorme, pois pode mudar completamente a percepção do ambiente, valorizar os móveis e o projeto arquitetônico. Você nunca reparou como uma iluminação muda totalmente um ambiente? Pois, bem, foi um profissional!

Além do mais, cada vez mais a preocupação com a sustentabilidade permeia esta carreira, espaço que utilize melhor a luz solar, lâmpadas mais econômicas, entre outros fatores.

Designer de projetos 3D

Das áreas citadas talvez essa seja a que você mais ouviu falar ultimamente. Pois é uma área bastante popular, além de ser uma das melhores remuneradas. O profissional de arquitetura que tiver interesse em trabalhar com essa área vai lidar diretamente com a tecnologia.

Contudo, é cada vez mais difícil dissociar o uso de modelos 3D na arquitetura, muitos clientes já exigem em seus projetos, principalmente as construtoras. Desse modo é possível usar diversas ferramentas como motion graphics, animação para deixar cada vez mais real o projeto. 

Restaurador de Edifícios

A restauração é o segmento da arquitetura que repara imóveis recuperando elementos originais ou os substituindo. Nessa posição o arquiteto é o restaurador, essa área tem a ver com histórica, estética, artes. 

Além do mais, vai precisar de conhecimento bastante técnico sobre materiais, tintas, unidades, conservação em geral. Devido à complexidade dessa área também apresenta os melhores salários.

Paisagista

Essa talvez seja a área mais conhecida em arquitetura, além da alta demanda por profissionais, é uma área que chama bastante os jovens a ingressar na arquitetura pelo dinamismo da carreira.

O profissional paisagista é o responsável por planejar áreas verdes conforme as necessidades de cada espaço. Em resumo a sustentabilidade é cada vez mais um paradigma, cidades cada vez mais verticais, aumento populacional. São inúmeros desafios.

Administração de obras

Nessa posição vai atuar junto a um engenheiro, o segmento da construção civil é um que mais cresce no Brasil. Esse segmento também sofre influência direta da tecnologia, sempre aparecem novos softwares, produtos mais versáteis. 

O profissional de arquitetura que trabalha na administração de obras tem como atribuições gerenciar mão de obra; gerencia equipes acompanha atividades, define orçamento e cronograma. 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.