Quanto ganha um dentista estético?

datalla
Colaborador do Hora Da Facul
1

Foto: Paciente em tratamento facial

Quanto ganha um dentista estético é uma pergunta cuja resposta depende de vários fatores. A área da odontologia estética tem adquirido muito espaço na mídia e no mercado pelos procedimentos que algumas celebridades tem exibido.

Por isso, ela é uma especialização da Odontologia, que pode ser cursada depois da graduação. Nesse artigo vamos te mostrar passo a passo como chegar lá!

1. Especialização em Odontologia Estética

A Odontologia Estética pode ser exercida por profissionais graduados em Odontologia e especializados em duas áreas principais:

Vai fazer vestibular para Odontologia?

Descubra se você sabe tudo sobre o curso

Harmonização Orofacial

Essa área da Odontologia visa, através de um conjunto de procedimentos, proporcionar equilíbrio entre a relação estética e funcional. Portanto, abrange tanto o sorriso, quanto o rosto do paciente, corrigindo assimetrias e melhorando proporções faciais. Assim sendo, a aplicação de toxina botulínica, ácido hialurônico e até a bichectomia (retirada parcial da gordura das bochechas para afinar o rosto) são alguns exemplos de procedimentos que fazem parte de um tratamento de harmonização orofacial.

Odontologia Estética

É a área da Odontologia responsável por melhorar a aparência dos dentes e o sorriso das pessoas através de diversos procedimentos como: implantes, clareamento, coroa dentária e outros.

2. Quanto custa montar um consultório próprio?

Para atuar na Odontologia Estética, você pode se associar a um consultório já existente ou montar seu próprio consultório.

Segundo o Sebrae, estima-se entre R$ 65.000,00 e R$ 100.000,00 o investimento para a montagem de um consultório de Clínica Geral, com os seguintes materiais – conforme matéria do portal empreendedordentista.com.br:

  • Cadeira odontológica: de R$10.000,00 a R$50.000,00;
  • Micromotor: de R$500,00 a R$1.500,00;
  • Motor elétrico: de R$1.000,00 a R$10.000,00;
  • Bomba à vácuo: de R$1.500,00 a R$3.000,00;
  • Ultrassom para profilaxia: de R$2.000,00 a R$4.000,00;
  • Fotopolimerizador: de R$ 600,00 a R$ 5.000,00;
  • Compressor: de R$ 1.000,00 a R$ 6.000,00;
  • Software de Gerenciamento odontológico: de R$ 50,00 a R$ 160,00 mensais;
  • Negatoscópio: de R$ 200,00 a R$ 500.00;
  • Autoclave: de R$ 1.000,00 a R$ 5.000,00;
  • Seladora: de R$ 150,00 a R$ 600,00;
  • Utensílios para o banheiro: de R$800,00 a R$3.000,00;
  • Poltronas: de R$3.000,00 a R$5.000,00;
  • Mesa de apoio: de R$1.500,00 a R$3.000,00;
  • Bebedouro: de R$200,00 a R$1.000,00;
  • Aparelho telefônico: de R$50,00 a R$200,00;
  • Materiais de escritório: de R$300,00 a R$4.000,00;
  • Computador: R$1.300,00 a R$4.900;
  • Ar condicionado: de R$2.000,00 a R$8.000,00;

Existem ainda outros custos que devem entrar no planejamento mensal:

  • Energia: de R$400,00 a R$5.000,00;
  • Linha telefônica: de R$50,00 a R$200,00 mensais;
  • Acesso à internet: de R$70,00 a R$200,00 mensais;
  • Toalhas e materiais descartáveis: de R$80,00 a R$160,00;

Devemos lembrar que a Odontologia Estética demanda materiais específicos, como botox, ácido hialurônico, material de restauração metálica ou em porcelana, a ser cotado conforme o caso. Portanto quanto ganha o dentista estético depende, também, da margem de lucro % que ele coloca sobre os procedimentos, depois de calculado o seu custo.

3. Quanto ganha um dentista estético?

Segundo o Conselho Federal de Odontologia (CFO), o mercado da Odontologia Estética movimenta cerca de R$ 38 bilhões por ano.

Quanto ganha o dentista estético, segundo o CFO, a média salarial do dentista, é de R$ 3.951,94*. E saiba que esse valor pode ser bem maior, se considerarmos que antes da estética o paciente pode precisar de um tratamento dentário de clínica geral, endodontia (tratamento de canal) ou ortodontia.

Segundo a avaliação dos profissionais de São Paulo, a média salarial do dentista é de R$ 5.500,00, se for clínico geral. Há no Senado Federal um proposta de elevação desse piso salarial para R$ 11.100,00 mensais, para jornada de 20 horas semanais.

Saiba que o dentista estético deve orientar corretamente o paciente para a necessidade de procedimentos de saúde. Que são: melhorar a mastigação, o alinhamento dos dentes, prevenir desgaste dos ossos do maxilar e da face e assegurar o bem-estar geral. Saiba mais aqui:https://horadafacul.vestibulares.com.br/mercado-de-trabalho/o-que-um-dentista-faz/

É importante discutir os procedimentos estéticos depois de um check up. Considere que um dentista estético ganha cada vez mais, à medida que os pacientes reconhecem sua coerência e transparência ao fazer o diagnóstico!

Não custa lembrar que faz parte do perfil do dentista o desejo de cuidar da saúde e das pessoas.  Por conta disso, também é importante ter bom relacionamento interpessoal para lidar tanto com os pacientes – que podem ter demandas exageradas ou impossíveis do ponto de vista técnico – quanto com equipes de colegas – auxiliares, técnicos, secretária.

4. Formação em Odontologia

O curso de Odontologia tem duração de 5 anos, em período integral, e concede ao graduando o título de cirurgião-dentista clínico geral. A qualificação na área visa dar aos futuros profissionais conhecimento para bem atuar nas atividades inerentes à profissão.  Ainda de forma multiprofissional, devolver saúde e bem-estar aos seus pacientes, de maneira ampla e integral.

Para isso, a grade curricular oferece disciplinas de áreas básicas, auxiliando na construção de um conhecimento sólido e preciso, e disciplinas específicas – dentre elas a Estética Bucal.

Para seguir especialidades ligadas ao exercício da profissão, é obrigatório obter um diploma em curso reconhecido pelo MEC.

Como realizar o sonho da graduação 

Mas será por falta de opções que você deixará de ser dentista estético! A faculdade Anhanguera oferece Bolsas e Crédito Educativo. Dependendo de algumas condições como renda familiar, prazo de pagamento, notas médias entre outras, você pode viabilizar seus estudos. Conheça algumas opções:

– Quero Bolsa
Site que reúne bolsas de estudo em mais de 6.000 parceiros entre faculdades e escolas de todo o Brasil. Você pode buscar escolas e cursos de graduação, pós-graduação, idiomas e técnico em qualquer região, pesquisar e comparar os preços das mensalidades. Ver informações sobre as instituições e ainda garantir uma bolsa de estudo sem burocracia.

Para conseguir sua bolsa, não é necessário comprovar renda ou analisar crédito. Para garantir sua bolsa no Quero Bolsa, não precisa ter feito o Enem ou comprovar renda.

Entretanto, é exclusivo para alunos que ainda não começaram seu curso. Também não pode acumular com outras modalidades.

– Financiamento e Crédito Educativo
FIES é o financiamento do Governo Federal, aberto para inscrição a cada semestre, para alunos que ainda não têm curso superior completo. Devem ter participado do ENEM, a partir da edição de 2010, e obtido média igual ou superior a 450 pontos e não ter zerado a redação. Possuir renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.