Quanto ganha um engenheiro elétrico recém-formado?

Beatriz Scotti
Colaborador do Hora Da Facul

Crédito: Foto: Ksenia Chernaya de Pexels

Para quem está considerando seguir uma carreira de engenheiro elétrico, é muito importante saber alguns pontos como: quanto ganha um engenheiro elétrico recém-formado. Primeiramente, para ter uma ideia de qual pode ser seu salário após se formar. Porém, também para verificar a possibilidade de realmente se manter após formado.

Afinal, todo mundo quer formar na faculdade e garantir um trabalho para se sustentar depois. Além disso, existem outros fatores que devem influenciar a escolha da profissão, não apenas o salário. Por isso, trouxemos algumas outras informações para você ter as principais informações sobre a faculdade de Engenharia Elétrica.

O que precisa para se tornar um engenheiro elétrico?

Primeiramente, é muito importante falar que o setor de Engenharia Elétrica está em crescimento. Ou seja, é uma das áreas que mais tem contratado novos funcionários e que por isso pode chamar a atenção de quem está decidindo sua futura profissão. 

Em dúvida sobre escolher Engenharia Elétrica EAD ou presencial?

Preparamos um quiz especial para você

Por exemplo, no comparativo entre os meses de abril de 2020 e março de 2021, houve um aumento de 55.3% nas contratações formais. Isso é, nas contratações feitas com carteira assinada em regime integral de trabalho para engenheiros elétricos.

Muitas pessoas não sabem que não é qualquer curso que promete te capacitar para ser um engenheiro elétrico, que realmente o faz. Sendo assim, para ser um engenheiro elétrico é preciso ter um diploma de Graduação em Engenharia Elétrica, emitido por uma instituição credenciada e reconhecida pelo MEC.

O que estuda no curso de Graduação de Engenharia Elétrica?

Para saber mais sobre o que você vai estudar para se tornar um profissional formado em um curso de Engenharia Elétrica, trouxemos uma lista com as principais matérias da grade curricular do curso para você.

  • Administração e Economia para Engenheiros
  • Algoritmos e Lógica de Programação
  • Análise e Processamento de Sinais
  • Atividades Complementares
  • Automação de Processos Industriais
  • Cálculo Diferencial e Integral
  • Circuitos Elétricos
  • Compatibilidade e Interferência Eletromagnética
  • Conversão Eletromagnética de Energia e Máquinas Elétricas
  • Desenho Técnico Projetivo
  • Eficiência Energética e Qualidade de Energia
  • Eletromagnetismo
  • Eletrônica Analógica
  • Eletrônica e Circuitos de Potência
  • Engenharia, Ciência e Tecnologia
  • Fenômenos de Transporte
  • Física Geral e Experimental – Energia
  • Física Geral e Experimental – Mecânica
  • Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica
  • Instalações Elétricas
  • Legislação, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente
  • Máquinas Elétricas Avançadas
  • Materiais e Instrumentação Eletroeletrônica
  • Métodos Matemáticos
  • Princípios de Eletricidade e Magnetismo
  • Química e Ciência dos Materiais
  • Resistência dos Materiais
  • Sistemas de Telecomunicações
  • Sistemas Digitais e Microprocessadores
  • Sistemas Elétricos de Potência

Para te ajudar, seguem alguns exemplos de instituições reconhecidas, que você pode estudar sem se preocupar.

No entanto, infelizmente, se a faculdade que você escolher não for reconhecida pelo MEC, você pode terminar o curso e descobrir que o seu diploma não vale nada. Para evitar isso, verifique sempre se a instituição de ensino que você escolheu é credenciada, Não se arrisque.

O que faz um engenheiro elétrico?

Antes de saber exatamente quanto ganha um engenheiro elétrico recém-formado, é importante entender também o que faz um engenheiro elétrico. Ou seja, saber um pouquinho mais sobre as tarefas de um profissional dessa área, para ter certeza que corresponde com o que você quer.

Um profissional com uma graduação em Engenharia Elétrica pode trabalhar com a elaboração de projetos de instalações. Além de atuar no acompanhamento de obras, contratação de materiais e equipamentos. Pode trabalhar também na coordenação de equipes de eletricistas, para uma execução de instalações seguras e plenamente funcionais.

Portanto, entre as diversas áreas que um engenheiro elétrico pode trabalhar podemos destacar:

  • Eficiência energética;
  • Transmissão e distribuição de energia;
  • Telecomunicações;
  • Eletrotécnica;
  • Automação;
  • Indústria eletrônica e eletroeletrônica;
  • Projetos, manutenção e instalações industriais, comerciais e prediais;
  • Pesquisa e desenvolvimento de projetos ligados a energias renováveis.

Por fim, é muito importante ressaltar também, que um engenheiro elétrico, para poder atuar como tal, além de ter um diploma reconhecido, é preciso também estar registrado no órgão de classe de sua profissão. No caso do curso de Graduação em Engenharia Elétrica, esse órgão é o CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia).

Quanto ganha um engenheiro elétrico recém-formado

Enfim, vamos falar sobre valores e o quanto ganha um engenheiro elétrico recém-formado. De acordo com uma pesquisa feita pelo site salário.com o valor inicial que um profissional formado em um curso de Engenharia Elétrica recebe é em média de R$5.809,18.

No entanto, vale lembrar que, segundo a pesquisa, esse valor é uma média e corresponde ao valor pago por mês para uma jornada de trabalho de 42h semanais.

Além disso, o profissional recém-formado, é normalmente contratado como engenheiro elétrico júnior. Continuando na profissão é possível alcançar novos níveis hierárquicos, que vão te ajudar a ter salários melhores.

Portanto, os níveis hierárquicos mais comuns de se encontrar entre os profissionais de Engenharia Elétrica são:

  • Engenheiro Elétrico Júnior: profissional recém-formado, até cerca de 4 anos de experiência;
  • Engenheiro Elétrico Pleno: de 4 a 6 anos de trabalho na área;
  • Engenheiro Elétrico Sênior: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Dicas para você continuar evoluindo na carreira e aumentar o seu salário

Vale lembrar que para o profissional formado em uma Faculdade de Engenharia Elétrica, assim como para qualquer outro, continuar aprendendo e evoluindo podem ser formas de se destacar no mercado. Sendo assim, é possível conseguir novos cargos e melhorar o seu salário mais rapidamente.

Por isso, aqui vão algumas dicas básicas para melhorar o seu salário após formado. Continue estudando, busque cursos de especialização, pós-graduações, mestrados. Trabalhe com o que você gosta. Para isso, durante o curso de Engenharia Elétrica, você pode identificar quais as matérias com mais afinidade. Afinal, ao fazer aquilo que você gosta, será mais dedicado, e pode se destacar no mercado e conseguir evoluir mais rápido na sua carreira.

E por fim, veja quais os requisitos para vagas melhores e identifique os pontos que te faltam dos requisitos. Então, elabore planos que te ajudem a conquistar as certificações, experiências e o que mais for necessário para você conseguir atingir seus objetivos de melhorar na carreira e assim, melhorar seu salário.

Separamos também algumas outras matérias que podem ser do seu interesse, se você pensa em seguir carreira como engenheiro elétrico. Confira!

O que faz um Engenheiro Elétrico?

10 dicas para se preparar para o vestibular de Engenharia Elétrica

Quanto ganha um engenheiro elétrico nas grandes cidades?

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.