Quanto ganha um estagiário em Engenharia da Produção?

Felipe Cortinas
Comunicador, jornalista, documentariasta e analista de marketing. Especializado em SEO e em estratégias de marketing inbound.Experiência como social media e criação de designs e vídeos em campanhas publicitárias.Gerenciamento de campanhas de Google Ads e SEO Local. Criação de sites e lojas online.Fotógrafo de eventos, videomaker e documentarista.
1

Ao iniciar um estágio em Engenharia de Produção, o profissional em começo de carreira deve auxiliar na criação de soluções que possam impulsionar a produtividade de uma empresa. Mas atualmente, quanto ganha um estagiário em Engenharia de Produção?

De acordo com o site vagas.com, quem trabalha hoje como estagiário nesse setor da engenharia ganha em média R $1.245. O mínimo é de R $977, mas pode chegar até R $1.645, dependendo do nível em que se encontra o estágio e a empresa.

Primeiro, sua jornada de trabalho é de 6 horas por dia, com um horário diferente ao das aulas. Também ele terá direito a outros benefícios como férias remuneradas,  vale transporte, seguro de vida e bolsa estágio.

Está pensando em prestar vestibular para Engenharia de Produção?

Faça o teste e descubra se o curso combina com você

Caso você tenha interesse em se tornar um estagiário de Engenharia de Produção, busque saber qual área de atuação você tem mais afinidade e quando chegar a hora correta, comece a buscar por vagas. Principalmente agora, pois já sabe quanto ganha um estagiário em Engenharia de Produção.

O estágio é muito importante para a carreira de um profissional, então é necessário tirar o máximo de proveito disso possível. Seja para serviços financeiros, ou controle administrativo, o estagiário é de grande importância em qualquer setor da empresa.

As atividades executadas como operar máquinas, fazer registros e manusear equipamentos são parte da rotina de um profissional da área que pretende se aprofundar no mercado de trabalho.

O que faz um estagiário de Engenharia de Produção?

Antes de mais nada, é preciso deixar claro que o papel de ensino da faculdade é muito importante, mas apenas a rotina na profissão do engenheiro estagiário te trará as experiências necessárias.

O aspirante a engenheiro aprende colocando a ‘mão na massa’, e verificando tudo aquilo que foi aprendido anteriormente em sala de aula. Por exemplo, durante o curso de Engenharia de Produção você aprende a calcular com eficiência, onde existem dados necessários para o exercício ser feito. Já no estágio é onde você realmente vai aprender como fazer esses cálculos.

Além disso, saberá as reais dificuldades da profissão que são encontradas com o manuseio de máquinas e outras tarefas.

Vantagens de fazer estágio durante o curso de Engenharia de Produção

O estágio vai abrir muitas oportunidades, porque quando você trabalha em uma empresa durante a faculdade, dificilmente irá conseguir uma vaga em nível júnior ou trainee, a maioria das oportunidades iniciais se destinam aos estagiários.

As disciplinas do curso poderão ser aplicadas em situações reais. Então, quando um aluno faz um estágio remunerado, ele já terá uma base do que será exercido na profissão.

Quando um estagiário de Engenharia de Produção começa a executar as práticas da função, sempre estará acompanhado de um responsável, para acompanhar todas as ações no campo, como se fosse um supervisor.

Em quais áreas um estagiário de Engenharia de Produção pode atuar?

De maneira geral, para que um aluno consiga um estágio na área, existem diversos sites para se cadastrar e concorrer a vagas de emprego. Veja um pouco sobre quais caminhos a profissão pode seguir, desde já é importante saber sua área de atuação e qual o tipo de estágio combina mais com você.

Elétrica

Nesse ramo, o estagiário vai trabalhar na criação, instalação e manutenção de componentes elétricos, e pode atuar em diversas empresas de diferentes portes, como usinas elétricas, por exemplo.

Mecânica

Quando um estudante vai trabalhar nessa área, geralmente está envolvido na criação e desenvolvimento de veículos ou máquinas. Assim como outros setores da indústria relacionados, como aeronáutica. Existem várias instituições governamentais que necessitam de profissionais deste tipo.

Ambiental

Como o próprio nome já diz, o estagiário dessa área vai trabalhar em prol do desenvolvimento sustentável. Atualmente, é uma das áreas mais buscadas pelos alunos, e é capaz de ensinar diversos processos e métodos sustentáveis para a indústria.

Produção

Um profissional que trabalha nesse ramo tem suas atividades voltadas para a manutenção e potencialização da produtividade de uma empresa. Ela pode ser financeira, administrativa ou organizacional, existem diversos setores dessa área onde um estagiário de engenharia de produção pode se desenvolver.

Como conseguir um estágio?

Quando um aluno já está na metade do curso,  é possível solicitar uma vaga de estágio obrigatório em alguma empresa da área. Aprenda algumas foras de conseguir fazer isso:

  • Sites de emprego: os sites especializados ainda são a melhor fonte para encontrar vagas de estágio. Alguns sites têm páginas dedicadas a cada área do mercado, facilitando sua busca.
  • Através da faculdade: o networking é uma boa ferramenta para quem quer arrumar um estágio em qualquer setor. Entre em contato com a coordenação de seu curso, ou até mesmo dos professores, busque oportunidades.
  • Redes sociais: hoje em dia existem grupos de Facebook ou perfis do Instagram especializados em divulgação de vagas de estágio de qualquer área. Basta saber o lugar onde procurar e enviar currículos. Além disso, se informe pelas redes sociais  para saber quanto ganha um estagiário em Engenharia de Produção.

É recomendável que o estágio se inicie entre o terceiro e quarto semestre da faculdade. Isso se deve porque para atuar no setor é preciso um conhecimento prévio específico.

Para conseguir uma vaga de estágio, o estudante precisará passar por um processo seletivo, e dependendo da empresa, podem ser feito em diversas fases. Mas, em sua maioria, são compostos por duas. Uma onde o estudante comprove parte dos seus conhecimentos teóricos, seja através de uma prova escrita. E então, a segunda fase é uma entrevista com um profissional da área que irá avaliar suas aptidões para o cargo.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.