Quanto ganha um fisioterapeuta intensivista?

Beatriz Scotti
Colaborador do Hora Da Facul

Crédito: Foto: Ryutaro Tsukata de Pexels

Para começar, se você está pensando em que carreira seguir, saiba que uma atitude muito comum é a de procurar quais as áreas de trabalho existem em determinado ramo. Além disso, é muito normal querer saber informações como o quanto ganha um fisioterapeuta intensivista. Ou, quais as opções de desenvolvimento dentro de cada carreira antes de se decidir por um determinado curso.

Para isso, resolvemos juntar diversas informações importantes sobre essa carreira para você aqui. Para começar, falaremos um pouco mais sobre o fisioterapeuta, a faculdade e as áreas de trabalho.

Depois disso, vamos para as informações específicas sobre o fisioterapeuta intensivista. Além de falar sobre salário e jornada de trabalho.

Faculdade de Fisioterapia

Primeiramente, antes de pesquisar quais áreas de trabalho na fisioterapia você vai querer se especializar e trabalhar, é preciso se tornar um fisioterapeuta. Ou seja, você precisa escolher onde fazer o curso de Fisioterapia.

O grupo Kroton possui algumas faculdades que oferecem o curso e são reconhecidas pelo MEC, são elas:

Um ponto muito importante na hora de escolher a faculdade em que você vai cursar a sua graduação em Fisioterapia, um ponto muito importante é o de verificar se a faculdade é reconhecida pelo MEC. Sobretudo, para que você não desperdice o seu dinheiro e os seus anos de estudo.

Ou seja, quando se faz uma faculdade que não é reconhecida pelo governo, o seu diploma não é válido, ou aceito, para o trabalho, por isso sempre busque faculdades reconhecidas, e que tenham uma boa avaliação.

Disciplinas e aprendizado na Faculdade de Fisioterapia

Entre as muitas disciplinas que um profissional precisa cursar para concluir a sua Faculdade de Fisioterapia e conseguir o seu diploma, podemos destacar algumas que são mais ligadas à prática e ao dia a dia da profissão em si.

  • Bioquímica Aplicada À Saúde
  • Ciên. Morfofuncionais 
  • Cinesioterapia 
  • Diagnóstico Cinético-Funcional E Imaginologia
  • Fisioterapia Cardiopulmonar Na Saúde Do Adulto
  • Fisioterapia Dermatofuncional
  • Fisioterapia E Inovações
  • Fisioterapia Em Unidade Hospitalar
  • Fisioterapia Musculoesquelética Na Saúde Do Adulto
  • Fisioterapia Na Saúde 
  • Fisioterapia Neurofuncional
  • Fundamentos Da Fisioterapia 
  • Introdução À Biologia Celular E Do Desenvolvimento
  • Prótese E Órtese
  • Recursos Terapêuticos 
  • Saúde Pública

A faculdade de fisioterapia preparará o profissional para auxiliar no tratamento de diversos pacientes, que podem sofrer com as mais variadas disfunções orgânicas. Essas disfunções podem ser causadas por acidentes e/ou problemas de saúde.

Lembrando que, o fisioterapeuta atuará em todas as etapas do tratamento dos pacientes. Começando desde o diagnóstico físico e funcional, seguindo pela escolha dos procedimentos fisioterapêuticos adequados a cada situação, e completando com a execução, o atendimento fisioterápico no dia a dia, sempre com foco na qualidade de vida do paciente. 

Competências de um fisioterapeuta

Um bom profissional do ramo de fisioterapia precisa conseguir atuar na promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde do indivíduo e da comunidade. É para isso que serve a Faculdade de Fisioterapia.

No entanto, é importante falar que o profissional que trabalha com fisioterapia estudará e precisa ter aptidão para trabalhar com temas ligados à saúde, qualidade de vida, movimentos e funções do corpo humano. 

Além disso, também podemos salientar que um fisioterapeuta precisa gostar de trabalhar com pessoas, de cuidar dos outros, sempre com muita atenção, precisa ter paciência e sensibilidade para lidar com cada paciente.

Vale a pena lembrar que o trabalho de um fisioterapeuta pode ser muito longo e demorado, por isso é imprescindível que o profissional consiga se manter motivado e também saiba como motivar o seu paciente a se manter no tratamento para conseguir colher os frutos desse trabalho mais para frente.

Portanto, em resumo uma lista de competências básicas para quem deseja trabalhar na área de fisioterapia.

  • Paciência
  • Gostar de cuidar dos outros
  • Motivação
  • Disposição física
  • Interesse pelo corpo humano
  • Capacidade de observação para notar diferenças no tratamento
  • Equilíbrio emocional
  • Criatividade 

Áreas de trabalho da fisioterapia

O profissional formado no curso de Bacharelado de Fisioterapia tem diversas opções de áreas em que pode se especializar. Além disso, também pode escolher entre diversos tipos de terapias, a serem aplicadas em um amplo campo de trabalho.

Porém, é importante lembrar também que o trabalho de um fisioterapeuta vai além das paredes de um consultório tradicional. Em outras palavras, em muitos casos o profissional que se forma como fisioterapeuta tem opções que não são restritas ao atendimento clínico de consultório. 

Juntamos aqui uma lista com algumas ideias de onde um profissional formado na Graduação de Fisioterapia pode trabalhar:

  • Hospitais, clínicas e consultórios;
  • Centros de reabilitação;
  • Clubes esportivos e academias;
  • Clínicas que oferecem atendimento fisioterapêutico domiciliar;
  • Indústrias de equipamentos e acessórios para fisioterapia;
  • Clínicas de estética;
  • Empresas que demandam cuidados ergonômicos com os funcionários;
  • Perícia Judicial;
  • Pesquisa acadêmica e clínica.

Uma boa dica para descobrir as áreas de trabalho e verificar com qual delas você se identifica mais, é aproveitar as oportunidades do estágio. Ou seja, no curso você pode realizar estágio nas mais diversas áreas para ter uma experiência prática e entender mais o dia a dia de cada área.

Quanto ganha um fisioterapeuta intensivista?

Atualmente, um profissional que concluiu o curso de fisioterapia, em uma faculdade credenciada no MEC, passa então a ser reconhecido em sua profissão. Depois disso, para se tornar um fisioterapeuta intensivista o profissional pode escolher entre completar cursos de especialização, ou realizar uma pós-graduação.

Seja como for, uma vez trabalhando como fisioterapeuta intensivista, o profissional atuará, principalmente, dentro das UTIs em hospitais. Sendo assim, seu objetivo é o de prover ​​assistência a todos os pacientes que se encontram em um estado crítico.

Por fim, falaremos do salário desse profissional e responder a sua pergunta do quanto ganha um fisioterapeuta intensivista. Um profissional dessa área tem uma média salarial de R$3.124. Como nas demais carreiras e funções, esse salário pode variar conforme o local de trabalho e a experiência de cada profissional.

Agora, segundo o site vagas.com o salário inicial de um fisioterapeuta intensivista fica em torno de R$2.685, já o maior salário registrado pelo site nessa função é de R$3.876.

Por fim, se você está interessado na área de fisioterapia, então não deixe de conferir nossas outras matérias que vão te ajudar a saber mais sobre os cursos e a decidir se está é realmente a profissão para você.

Fisioterapia EAD: tudo o que você precisa saber

Bolsa de estudo em Fisioterapia: como conseguir?

Quais são as áreas da Fisioterapia mais bem pagas?

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.