Quanto ganha um psicólogo no interior do Brasil?

Ana Carolina Silva
Colaborador do Hora Da Facul
1

Certamente a remuneração é um dos fatores que interessa aos futuros psicólogos e os interessados em fazer o curso de Psicologia. Em primeiro lugar, é importante ressaltar, que houve um aumento na busca por profissionais da área de Psicologia nos últimos anos.

Em especial pelo crescimento de doenças e transtornos mentais, como ansiedade e depressão. No contexto da pandemia, em 2020 e agora em 2021, essa expansão da profissão continua. 

Sendo assim, vale destacar que, mesmo com a expansão da área de Psicologia, as remunerações vão depender de vários fatores. Em primeiro lugar do porte da empresa você vai trabalhar. Em segundo lugar do piso salarial estabelecido para a categoria. Em terceiro lugar, do estado ou cidade onde você exerce a profissão de psicólogo.

Além disso, existem diferentes médias salariais para cada uma das especialidades da Psicologia. Sendo assim, quando falamos sobre exercer a atividade de psicólogo em uma capital ou em cidades do interior do Brasil, certamente teremos diferenças salariais. Além disso, as ofertas de vagas de emprego também serão diferentes, na capital e no interior.

Neste artigo vamos tratar sobre a remuneração dos psicólogos nas cidades do interior do Brasil. Quer saber mais sobre esse assunto? Então continue a leitura!

Vai fazer vestibular para Psicologia?

Descubra qual área de atuação mais combina com você

 

Faltam psicólogos no interior do Brasil

Primeiramente é interessante divulgar um levantamento realizado pelo Departamento de Informática do SUS – DataSUS. As informações foram extraídas com base nos dados sobre os Centros de Atenção Psicossocial – Caps, em 2019. Em síntese, as estatísticas mostram que 300 cidades brasileiras não possuem psicólogos. Outro dado é a quantidade de psicólogos para cada 10 mil habitantes. Veja as informações abaixo, relativas ao Brasil, e em comparação à Argentina:

  • Em 2017, eram 9 a 12 psicólogos, para cada 10 mil habitantes;
  • Em 2019, são cerca de 4,1 psicólogos, para cada 10 mil habitantes.
  • Em 2017, na Argentina, eram cerca de 222 psicólogos, para cada 10 mil habitantes.

Definitivamente, os dados do DataSUS, revelam que houve uma diminuição no número de profissionais no Brasil. Além disso, temos uma quantidade baixa de psicólogos, se comparado a outros países da América Latina e da Europa. 

Ademais, os dados do Centros de Atenção Psicossocial – Caps mostram alguns dos estados que estão abaixo da média nacional (4,1 psicólogos, para cada 10 mil habitantes): 

  • Maranhão – 1,56
  • Amazonas – 1,70
  • Pará – 1,72
  • Amapá – 2,24
  • Ceará – 2,49
  • Bahia – 2,63

Diante desse cenário, especialistas explicam que a falta de profissionais se deve à tendência de permanência nos grandes centros brasileiros. Outro fator é a maior quantidade de cursos de Psicologia oferecidos nas capitais. 

Remuneração dos psicólogos 

De forma geral, quando se fala sobre remuneração média de psicólogos no Brasil, de acordo com a especialidade, os valores são os seguintes, de acordo com informações do site Catho (maior portal de vagas de emprego do Brasil):

  • Psicólogo Social: R$ 1.634,84
  • Psicólogo Escolar: R$ 2.012
  • Psicólogo Clínico: R$ 2.113
  • Psicólogo Organizacional: R$ 2.175
  • Psicólogo Social: R$ 2.217
  • Psicólogo: R$ 2.327
  • Psicólogo Hospitalar: R$ 2.371
  • Psicólogo do Trânsito: 2.440

Diante desses valores, neste artigo, para ilustrar as médias salariais de psicólogos no interior do país, vamos mostrar como é a remuneração desses profissionais nos estados mencionados na pesquisa do DataSUS: Maranhão, Amazonas, Pará, Amapá, Ceará e Bahia. As médias salariais serão de acordo com dados do novo CAGED. Além disso, para exemplificar, vamos utilizar quatro especialidades da Psicologia: da saúde, clínica, hospitalar e organizacional. 

Quanto ganha um psicólogo da saúde no interior do Brasil?

Primeiramente, o psicólogo da saúde atua com prevenção e com intervenção psicológica para promover a saúde mental do paciente. Além disso, esse profissional também ajuda na melhoria da qualidade das políticas de Saúde. Nessa especialidade os psicólogos atuam em Unidades Básicas de Saúde – UBS, Centro de Atenção Psicossocial – CAPS, Programas de Saúde da Família – PSF´s, pronto socorro, ambulatórios, entre outros. Abaixo os salários médios desses profissionais nos seguintes estados:

  • Maranhão – R$ 2.394,69
  • Amazonas – R$ 2.311,79
  • Pará – R$ 2.732,10
  • Amapá – R$ 2.830,05
  • Ceará – R$ 2.511,19
  • Bahia – R$ 2.417,28

Quanto ganha um psicólogo clínico no interior do Brasil?

Antes de mais nada, o psicólogo clínico realiza o atendimento de pacientes de todas as faixas etárias, classes e gêneros. Esse profissional atua no diagnóstico de distúrbios, problemas emocionais, desvios de comportamento entre outras patologias da mente. Abaixo os salários médios desses profissionais nos seguintes estados:

  • Maranhão – R$ 2.394,69
  • Amazonas – R$ 2.311,79
  • Pará – R$ 2.732,10
  • Amapá – R$ 2.830,05
  • Ceará – R$ 2.511,19
  • Bahia – R$ 2.417,28

Quanto ganha um psicólogo hospitalar no interior do Brasil?

A especialidade de Psicologia Hospitalar tem como intuito acolher e tratar as pessoas enfermas ou com a saúde mental debilitada. Dessa forma, podem ser pacientes de clínicas, de hospitais, de ambulatório, de enfermaria ou de UTI. Atuar com os familiares e os outros profissionais envolvidos no caso também pode fazer parte da rotina do psicólogo hospitalar. Abaixo os salários médios desses profissionais nos seguintes estados:

  • Maranhão – R$ 2.287,76
  • Amazonas – R$ 3.038,51
  • Pará – R$ 3.458,33
  • Amapá – não há dados
  • Ceará – R$ 3.689,23
  • Bahia – R$ 2.580,83

Quanto ganha um psicólogo organizacional no interior do Brasil?

De antemão, a Psicologia Organizacional é uma área de atuação voltada para o trabalho em contextos corporativos. Ela está geralmente ligada à gestão de recursos humanos, das empresas e corporações. Os psicólogos organizacionais tem foco no alinhamento dos interesses da empresa e as necessidades dos colaboradores. Diante disso, o intuito é promover qualidade de vida e condições propícias para que os profissionais tenham o máximo de produtividade e bom desempenho. Abaixo os salários médios desses profissionais nos seguintes estados:

  • Maranhão – R$ 4.192,58
  • Amazonas – R$ 3.109,04
  • Pará – R$ 3.232,06
  • Amapá – R$ 2.751,22
  • Ceará – R$ 2.873,11
  • Bahia – R$ 1.986,22

Sendo assim, diante das médias salariais para psicólogos, nas especialidades da saúde, clínica, hospitalar e organizacional, vale a pena destacar que as melhores remunerações estão na área de Psicologia Organizacional. No entanto, vale destacar que ao optar por atuar em qualquer um desses estados, é importante pesquisar como está o mercado de trabalho nesses locais. Além disso, no que diz respeito às especialidades de Psicologia Hospitalar e Psicologia da Saúde, também vale procurar editais de concursos públicos nessas regiões. 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.