5 áreas do Direito para se especializar 

Bianca Araújo
Jornalista, escritora e amante de Marketing Digital. Graduada em Comunicação Social - Jornalismo, trabalhou na emissora REDETV! e hoje atua como redatora.

Crédito: Foto: Pavel Danilyuk em Pexels.

O Direito é uma profissão antiga, mas que se reinventa a cada ano. Desbravando linhas judiciais, esse ramo é visto como um dos mais promissores. Pensando nisso, o Hora da Facul separou 5 áreas do Direito para se especializar. Venha conosco!

De antemão, podemos dizer que o curso de Direito está no Brasil há quase dois séculos. Pesquisas apontam que 1,2% da população do país é composta por advogados. Isso significa que um em cada 190 brasileiros é formado em Direito.

O curso atrai muitos jovens, por ser uma das profissões mais antigas e prestigiadas do Brasil. No entanto, o que muitos não sabem é que essa área tão concorrida também é rica em possibilidades para  especialização. Com uma graduação em bacharelado que dura cinco anos, o Direito possui, então, várias disciplinas diferentes em sua grade curricular que desperta o desejo do aluno se especializar.

Sendo assim. Vamos ver algumas?

  • Direito Civil 
    Em primeiro lugar, é uma disciplina que aborda os direitos civis. Geralmente aplicada no segundo semestre no curso.
  • Direito Penal
    Em resumo, essa é a matéria que ensina os direitos penais. Em geral, é aplicada no segundo ao terceiro semestre do curso.
  • Direito Constitucional
    Aula que estuda a constituição que rege um Estado. Também aplicada no segundo ao terceiro semestre do curso.
  • Direito Econômico
    Se trata da disciplina que estuda as leis que regulam produtos e serviços veiculados no país, prezando pela economia do Estado. Disciplina se desenvolve no segundo ao terceiro semestre do curso.
  • Direito do Trabalho
    Em tese, o aluno estudará os direitos do trabalhador e empregador. Também é ministrada no segundo ao terceiro semestre do curso.

Agora vamos ver quais dessas disciplinas fazem parte das 5 áreas de Direito para se especializar. Vem conosco!

Direito do consumidor:

Em verdade, vivemos em um mundo capitalista. De fato, tudo gira em torno de compra e venda, se analisarmos. Podemos ver que o cenário mercadológico mudou ao longo dos anos e se transformou.

Podemos ver que, com o acúmulo expressivo de E-commerce entrando em cena, muito mais pessoas passaram a usar aplicativos para comprar. Algumas até para vender online. Com toda essa demanda, também surgem outros problemas relacionados a compra/venda que, muitas vezes só podem ser solucionados judicialmente. 

Ai que entra o profissional especializado em Direito do consumidor. Esse advogado deve possuir um amplo conhecimento a leis ligadas ao Código do Consumidor. Em ações, ele poderá representar os consumidores ou os fornecedores. Ademais, ele também pode trabalhar como consultor em estabelecimentos que não queiram problemas jurídicos batendo à porta. 

Um profissional especializado nesse ramo, hoje, pode ganhar em torno de R$ 5.455,00 podendo chegar ao teto de R$ 14.542,00.

Direito trabalhista:

Como o próprio nome já diz, o advogado trabalhista cuida, sobretudo, de assuntos jurídicos relacionados ao trabalho. Esse profissional pode atuar tanto como advogando para empresas ou representando o colaborador.

Esse ramo é muito importante, por isso está entre as 5 áreas para se especializar em Direito. Precisamos ressaltar que essa área tem como principal objetivo cuidar dos direitos dos trabalhadores, portanto, o advogado trabalhista que esteja participando de uma ação judicial vai usar todos os seus conhecimentos para manter os direitos do colaborador preservados. 

Segundo o site Vagas.com.br, o profissional que trabalha como advogado trabalhista, hoje, ganha em média de R$ 4.138,00.

Direito Civil: 

Considerada a maior área do setor privado, o Direito Civil visa as relações com pessoas ou coisas. Ou seja, esse ramo preza por manter a ordem do que se pode ou não pode fazer, agindo como uma âncora e mantendo tudo nos eixos. 

Sobretudo, algumas das ações levantadas nessa área são, problemas familiares e conjugais, como: Ações de divórcio, pensão, custódia e etc. Processos levantados para obter direito à bens ou herança. Bem como, o direito das coisas, que se trata das propriedades e bens que pessoas podem ou não ter compartilhado.

Direito Penal:

Nessa especialização, o advogado trabalha com problemas criminais de pessoas que não cumpriram a Lei. Também chamado de “Direito Criminal”, o profissional dessa área precisa ter um profundo conhecimento do Código Penal.

Esse advogado pode trabalhar defendendo pessoas acusadas de crimes, ou também pode prestar concursos para se tornarem promotores de polícia, delegados, ou até mesmo, defensores públicos (esse se tratando dos advogados que trabalham para defender pessoas que não possuem condições financeiras para pagar um advogado particular).

Um advogado criminalista no Brasil, atualmente, pode ganhar até R$5.934,00 em média. 

Direitos Humanos:

Em síntese, esse profissional tem como principal obrigação assegurar que todo e qualquer individuo, sem importar sua classe social, raça, nacionalidade, religião, cultura, profissão, gênero ou orientação sexual, tenha seus direitos preservados independente de qualquer coisa.

E ademais, esse profissional também pode cuidar de ações de racismo levantadas, por exemplo. Pode trabalhar em organizações de direitos humanos e muito mais. 

Depois das 5 áreas para se especializar em Direito, vamos ver onde estudar?

Anhanguera:

O curso de direito na Anhanguera dura cinco anos. O curso é inteiramente desenvolvido para atender as necessidades dos alunos que desejam entrar no setor público ou privado. O valor inicial da mensalidade é de R$ 449,02, consideravelmente acessível para alguns jovens. Além do mais, a faculdade também conta com programas de bolsas de estudo. Entre no site e fique atento! 

Unopar: 

Na Unopar, o curso de Direito abrange todas as métricas do mundo judicial. O curso visa preparar o aluno para um mercado exigente e concorrido. A graduação que dura cinco anos, tem o valor acessível de R$ 618,98. Acompanhe no site da faculdade. 

Pitágoras:

O curso de bacharelado da Pitágoras prepara o aluno durante cinco anos para atender demandas em diversos setores. Visando que o aluno saia da faculdade pronto para ser um expert em sua carreira. O curso tem o valor inicial de R$ 448,98.

Gostou do artigo? Leia agora 5 áreas do Direito pouco exploradas e promissoras.  

.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.