Ciências Econômicas é Economia?

Roberto Dezorzi
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Canva.

O mundo não poderia ficar sem este esclarecimento, não é mesmo? Antes de mais nada, quando o estudante fala “eu estudo economia” ou “eu faço curso de economia”, infelizmente a expressão está equivocada. Inclusive, muitos de nossos mestres que dizem ser “professores de economia” estão também expressando sua ideia de forma confusa. Já que, na verdade, são professores de Ciências Econômicas.

Logo, em todo o nosso país é muito comum o uso errado dos conceitos de economia e ciências econômicas. Definitivamente, isso não é o fim do mundo. 

Contudo, ainda mais para quem já trabalha na área ou pretende ingressar no curso de Ciências Econômicas, o Hora da Facul recomenda que se utilize as palavras de maneira correta. Até porque você em breve vai fazer o vestibular e se tornar um profissional responsável e de sucesso. 

Qual a faculdade combina com o seu interesse? 

Preparamos um teste para você

Uma das mais difíceis do mundo: a nossa língua portuguesa

Primeiramente, você sabia que a língua portuguesa é uma das difíceis do mundo? Pois é. Com certeza estava pensando que era o Inglês, o Alemão e também o Mandarim. Mas aposto que o HF surpreendeu você agora!

Enfim, a nossa gramática, ou mais precisamente a gramática da língua portuguesa, é considerada uma das mais difíceis. Afinal ela é cheia de regras e, também, exceções a essas regras. Em resumo, isso acaba tornando a nossa língua muito rebuscada e trabalhosa de se aprender em sua totalidade. Ainda mais em um país cheio de regionalismos, e com um déficit no acesso à educação.

Logo, é normal os milhares de brasileiros falarem errado, e não somente por problemas de alfabetização. Além disso, pessoas comuns, estudantes, professores e profissionais também utilizam as palavras de forma a não saberem os seus significados.

Portanto, sempre leia e torne o seu processo de aprendizado ainda mais profundo, ao entender corretamente o uso correto das palavras.

Afinal, você vai ser um universitário, e todo o conhecimento referente à sua língua materna é bem-vindo. É por isso que, quando tiver a oportunidade, procure descobrir o sentido e o conceito de cada palavra que as pessoas utilizam no dia a dia.

Ciências Econômicas é Economia?

Em suma, é por isso que há muitos anos os termos Ciências Econômicas e Economia são utilizados como sinônimos. Definitivamente, isso causa uma grande confusão entre acadêmicos, corpo docente (professores e coordenadores) e, ainda mais, entre o público leigo.

Portanto, aqui vamos mostrar para todos os leitores que Ciências Econômicas não é, literalmente, Economia. Na verdade, a primeira estuda os aspectos da segunda. Sabemos que parece confuso ainda, mas siga com a leitura que você vai entender direitinho cada um dos termos. Além de colocar dentro da cabeça o momento certo de utilizá-los.

O que quer dizer o termo Economia?

Levando em consideração o dicionário de inglês Cambridge, a palavra Economia (do inglês economy) significa as atividades econômicas de um país, território ou local. Ou seja, tem relação com as trocas comerciais. Isso engloba tudo do mercado financeiro, logística e transporte, câmbio e comércio exterior, índices de preços e taxas de juros, bolsa de valores, políticas do Banco Central, etc.

Pensando nisso de uma forma ainda mais profunda, a economia atual do século XXI é diferente da economia do ano de 1929, quando tivemos a famosa quebra da bolsa de valores de Nova York. Em outras palavras, ela varia entre as épocas. Evoluindo, alterando práticas e se transformando como um organismo vivo.

O conceito e o uso da palavra Economia nada mais é do que o conjunto de atividades produtivas de um país. Desde a agricultura, pecuária e extração de minérios, às suas manufaturas e processos fabris, chegando às dezenas de e-commerce. Tudo isso é a economia de um país. 

O que quer dizer o termo Ciências Econômicas ?

Então, agora que você já entendeu tudo sobre o que é, e a forma correta de utilizar a palavra Economia, chegou a hora de falar mais sobre a área de estudo que explica o funcionamento dela que são as Ciências Econômicas.

Resumindo, a faculdade de Ciências Econômicas é o campo de análise, estudos e disciplinas que detalham e explicam o funcionamento da economia. 

Repetindo, e também levando em consideração o dicionário de inglês Cambridge,o termo Ciências Econômicas (do inglês economics) cria modelos, desenvolve pesquisas, descobre tendências e elabora projeções do funcionamento da economia. 

Portanto, quando for falar que você é professor ou aluno, deve utilizar o termo Ciências Econômicas. Faça isso com o fim de ilustrar e fazer com que não se esqueça temos: “sou um futuro estudante de Ciências Econômicas”, “sou professor de Ciências Econômicas” ou “vou fazer vestibular para o curso de Ciências Econômicas”.

Como pode ter surgido essa confusão?

De acordo com artigos e estudos de instituições de ensino superior publicados no Brasil, a confusão entre o uso de um termo pelo outro se deu por meio dos erros de tradução para a nossa língua portuguesa. Mais precisamente na época da tradução do livro do autor e economista britânico do século XIX, Alfred Marshall. 

Enfim, a versão em português da obra que era para ser intitulada “Princípios de ciências econômicas” acabou recebendo o título de “Princípios da Economia.

Em síntese, é por essas e outras razões que você deve estudar não somente português de uma forma aprofundada. Deve, também, dar atenção para seu aprendizado de Inglês. Sem esquecer o seu foco no ingresso no curso de Ciências Econômicas.

Entendeu direitinho as diferenças? Legal. Agora veja conosco um pouco mais sobre as principais matérias do Enem, e fique preparado para arrebentar no Exame Nacional do Ensino Médio.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.