Psicologia reichiana: o que é e como funciona?

Natalia Tojal
Colaborador do Hora Da Facul
1

Quando se estuda Psicologia, uma coisa que se aprende é que há várias abordagens de terapia para tratar um paciente. Tem a psicanálise, de Freud, o behaviorismo, de B. F. Skinner, a humanista, de Carl Rogers, além de várias outras.

Nas linhas a seguir, vamos falar sobre uma das menos conhecidas. Você sabe o que é psicologia reichiana? Continue a leitura e mergulhe em universo tão impressionante e vasto.

Para complementar seus estudos, leia: As principais áreas da Psicologia

O que é psicologia reichiana?

Essa abordagem de terapia foi criada pelo psicanalista Wilhelm Reich (1897-1957) em 1940. Reich era aluno de Sigmund Freud, e utilizou seus estudos para desenvolver seu próprio tratamento. Conseguiu encontrar sua forma de ajudar pacientes com problemas físicos e psicológicos. 

Ao estudar a fundo, Reich descobriu que os distúrbios mentais do ser humano estão ligados a determinadas alterações no corpo físico. Ou seja, o desequilíbrio emocional pode e vai afetar os sistemas do corpo humano. 

Por conta disso, o psicanalista propôs uma terapia que envolvia duas vertentes: a Medicina e a Psicologia, criando uma ligação entre elas.

O que é a energia vital?

Reich acreditava que existia uma energia vital que circula pelo corpo humano. A esta, ele deu o nome de “orgone”, mas também é chamada de bioenergia. 

De acordo com seus estudos, é possível que a orgone fique estagnada em alguma parte do corpo por muito tempo. Isso faz com que sejam criadas couraças musculares. 

Essas couraças são mecanismos de defesa criados pelo próprio corpo em momentos de dificuldade e adversidade. Memórias reprimidas, conflitos internos, podem ficar contidas nessas couraças, como uma proteção para o ego da realidade. 

Por ficar acumulada em um lugar, consequentemente não flui como deveria. Isso pode afetar os órgãos, dando origem à doenças crônicas. Além disso, podem bloquear os sentimentos positivos e dificultar expressões emocionais. 

Como essa abordagem funciona?

Reich ainda desenvolveu três técnicas terapêuticas energéticas, que são extremamente importantes para aplicar a psicologia reichiana. São elas: análise de caráter, organoterapia e vegetoterapia.

Análise de caráter

A análise de caráter nada mais é do que o conhecimento dos campos energéticos do corpo humano. Reich acreditava que o caráter e as couraças estavam diretamente ligados. 

Organoterapia

Já a organoterapia trabalha com a liberação da energia orgone, ou seja, energia vital estagnada no corpo que causa problemas em determinado local. Nessa parte, há uma massagem especialista, com o intuito de conhecer a história biológica, energética e emocional do paciente. 

Vegetoterapia

Por fim, temos a vegetoterapia, que trabalha a liberação de energias corporais com bloqueio, seja qual ele for, reestruturando a energia. 

Para cada uma dessas abordagens, o profissional utiliza diversas ferramentas dependendo do caso do paciente. Pode ser necessário técnicas respiratórias, massagens, entre outras. Mas há algumas técnicas que são mais comuns. São elas:

  • Aumento da capacidade de conexão entre os dois lados do cérebro, através de um estímulo ocular com luzes;
  • Desbloqueio energético através de movimentos corporais e técnicas de respiração;
  • Estímulo dos campos energéticos do corpo humano com a massagem reichiana;
  • Entre outras ferramentas. 

Durante todo o processo, é necessário analisar os pacientes como um todo. Além do que é dito, deve ser considerado o que não é dito. Ou seja, toda a comunicação não-verbal, como expressões corporais, gestos, tom de voz, auxiliam a entender e tratar o paciente. 

Quais são os benefícios da terapia reichiana?

São inúmeros os benefícios que essa terapia promove, seja no físico ou, principalmente psicológico. Além dos tradicionais, como controle da ansiedade e melhora nos sintomas da depressão, podemos citar outros principais resultados obtidos: 

  • Melhora a autoconfiança autoconhecimento;
  • Gera qualidade de vida e bem-estar;
  • Recupera a autoestima;
  • Entre outros benefícios.

Essa abordagem gera benefícios que vão além do problema, englobando o todo. Trabalha as energias do corpo, trazendo bons resultados para o paciente. 

Para quem é indicado?

O tratamento de Reich promove mudanças significativas na vida do paciente. Seja para tratamento de estresse, transtorno de ansiedade, irritabilidade, insegurança, depressão ou outras situações. 

Por isso, a psicologia reichiana é indicada para tratar qualquer mal estar, seja psicológico, ou físico. Por misturar medicina e psicologia, ela atinge essas duas vertentes, trabalhando o ser humano como um todo. 

É necessário consultar um especialista para avaliar o caso e confirmar, porém, até então, qualquer condição psicológica pode ser tratada através deste método.

Como se tornar um terapeuta reichiano?

O caminho mais claro para se tornar um terapeuta reichiano é cursando Psicologia, para entender a psique humana antes. E, após isso, é possível se especializar nas teorias de Reich, assim como em outras abordagens de terapia, como psicologia analítica junguiana.

Não há nenhuma graduação em psicologia reichiana, mas há cursos livres que ajudarão a te guiar por esse caminho. 

É necessário que, o profissional da área de Psicologia, principalmente para aplicar o tratamento reichiano, tenha algumas características essenciais. Afinal, estamos falando de lidar diretamente com os sentimentos do próximo:

  • Sensibilidade para com o próximo;
  • Disposição de ouvir problemas e pensamentos alheios;
  • Paciência para lidar com os pacientes;
  • Mente aberta para abordagens e situações
  • Autodidatismo para evoluir na profissão. 

Considerações finais sobre a psicologia reichiana

A terapia de Reich trabalha aspectos orgânicos e energéticos do corpo humano. O físico, as emoções e os pensamentos são parte de um todo, necessitando de equilíbrio. Com esse tratamento, é possível promover isso, gerando bem-estar e qualidade de vida. 

O ponto-chave do tratamento é exatamente essas intervenções corporais e energéticas. Pode trabalhar diversos problemas, desde condições psicológicas até doenças físicas. 

Vale lembrar que terapia reichiana e reiki são abordagens completamente diferentes, apesar de parecerem semelhantes.

Para finalizar este artigo, é bom reforçar que é preciso estudo para aplicar tal técnica, pois, trabalha com o físico e emocional do paciente. Além de ser receptivo, pois os estudos de Reich possuem crenças que muitos não possuem. 

Alunos de Reich continuaram a pesquisar mais, desenvolvendo ainda mais técnicas e informações. Então, há muito mais o que estudar sobre essa abordagem, pois os estudos se estendem por anos. No entanto, estas são as principais informações.

Para estudar mais sobre psicologia reichiana e se aprofundar no assunto, busque artigos científicos devidamente embasados.

Quer ir além e descobrir um novo universo que estuda a mente humana? Então, leia a matéria Psicólogo ou Psiquiatra: entenda as diferenças.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 4.6 / 5. Contagem: 37

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.