O que o curso de Odontologia proporciona ao estudante?

Vanessa Zampronho
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Foto de cottonbro no Pexels

Cuidar dos dentes é algo primordial para uma boa saúde. Como já diziam os pais e avós, dentes são algo que, quando se perde, não voltam mais. Assim, cuidar da saúde bucal é fundamental para o bem-estar de todo o corpo – e é onde entra a Odontologia.

Mas basta apenas escovar os dentes depois das refeições? Não, embora esse seja um cuidado mais do que essencial. Restos alimentares podem ser uma fonte de bactérias, que agem no esmalte, a camada mais externa e dura dos dentes.

Resultado: uma cárie, que significa que as bactérias já fizeram seu trabalho e corroeram essa parte importante do dente. Caso não haja um cuidado mais efetivo, essa cárie pode levar até a perda do dente. É aqui que entra o profissional de Odontologia.

A visita regular a um dentista garante que os dentes estejam em bom estado. Há problemas dentários que podem afetar a saúde do corpo de forma geral. Assim, é bom prevenir e evitar a perda do dente – e de prejuízos para o corpo.

Sendo assim, o aluno de Odontologia vai perceber a importância da sua carreira na saúde dos brasileiros. E isso não se resume a ter um sorriso bonito. É questão de saúde pública também. Vamos conhecer como é o curso.

Grade curricular do curso de Odontologia

O curso é oferecido na modalidade bacharelado e tem cinco anos de duração. Em muitos casos, as aulas acontecem em período integral, mas há instituições com aulas nos períodos diurno ou noturno. De qualquer forma, a carga de estudos é grande, visto que o futuro dentista vai lidar com diversos problemas bucais.

Por ser um curso da área da Saúde, a aula de Anatomia faz parte. ‘Mas eu vou lidar somente com a boca’, você pode pensar. Por mais que a Odontologia lide somente com a saúde bucal (e aqui entram dentes, músculos e ossos do rosto), o corpo todo pode ser afetado por problemas nos dentes.

Assim, é fundamental que o graduando conheça como o corpo funciona. As aulas lidam com todas as partes do corpo para que o aluno possa ver de perto como somos e como identificar problemas de saúde.

Além disso, o graduando terá aulas teóricas sobre a estrutura dos dentes, do que os sustenta, da musculatura da cabeça e pescoço. E muitas, muitas horas de prática. Afinal, o profissional de Odontologia trabalha em um espaço limitado, que é a abertura da boca do paciente. Assim, qualquer movimento deve ser muito bem calculado para não causar ferimentos e piorar ainda mais o que pode estar ruim.

Há também muitas horas de estágio supervisionado, em várias áreas da Odontologia. É aqui que o aluno atende pacientes reais com problemas reais, e verá na prática como será sua rotina profissional. Professores sempre acompanham o trabalho desempenhado pelos alunos.

Mercado de trabalho

O profissional de Odontologia pode trabalhar no setor público ou privado. O Sistema Público de Saúde (SUS) oferece tratamento dentário gratuito nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), ou em hospitais públicos.

Mas o acesso da população em geral a este tratamento é bastante limitado, devido à pouca quantidade de profissionais que trabalham nesta área. Para trabalhar nestes locais, precisa ser aprovado em concurso público – fique de olho na abertura das inscrições.

O setor privado também tem muitas oportunidades de trabalho. O profissional de Odontologia pode abrir seu próprio consultório, trabalhar em clínicas e hospitais odontológicos, bem como ser filiado a algum convênio especializado.

O dentista pode se especializar em alguma área quando se formar. E são muitas. A endodontia é a que trata dos canais dentários. A ortodontia, que lida com os aparelhos de correção dos dentes. A periodontia lida com as estruturas de suporte do dente.

Tem também a implantodontia, que realiza implantes dentários quando eles são ausentes. Esta área em particular vem crescendo bastante, especialmente com o uso de novas tecnologias. O processo de implante dentário hoje é menos dolorido e mais rápido.

Vale lembrar que essas especialidades estão disponíveis também no serviço público de saúde. Mas, como vimos, são poucos os profissionais que atuam, e a fila de espera por um atendimento especializado costuma ser grande.

A Odontologia além do consultório

O dentista pode também trabalhar em outras áreas que não seja o atendimento direto a pacientes. Uma delas é no desenvolvimento de novos materiais e técnicas odontológicas. Graças a esses profissionais, hoje já existem tratamentos feitos a base de laser e escaneamento em três dimensões da boca.

O profissional pode seguir carreira acadêmica e fazer cursos de especialização na modalidade stricto sensu. São os cursos de mestrado e doutorado, que habilitam o dentista a dar aulas em universidades nos cursos de graduação e pós-graduação.

Outro campo menos conhecido, mas igualmente importante, é o da Odontologia Legal. Aqui o dentista trabalha na identificação de corpos por meio da arcada dentária. Ela é única em cada pessoa, como se fosse a impressão digital que todos nós temos.

O que o curso proporciona ao estudante?

O aluno de Odontologia vai, primeiro, prestar mais atenção ainda aos seus dentes, e também orientar de perto os dos seus familiares e amigos. Afinal, ele vai saber muito bem o que a má conservação pode causar.

Por conta disso, ele será uma referência no seu círculo de amizades e pessoas próximas. Dores de dente, problemas com mastigação e outros distúrbios agora encontram alguém para tirar dúvidas.

Mas, não é o caso de já sair fazendo procedimentos internos. O aluno está em aprendizado, e é sempre bom contar com a orientação de um professor ou um dentista mais experiente.

Outro detalhe que o curso proporciona ao aluno é o contato com pacientes reais na época do estágio obrigatório. A formação oferece esse período para treinar o estudante no dia a dia da profissão. Como é um atendimento gratuito, as faculdades fazem convênios com as prefeituras ou governos locais para receber pacientes.

É aqui que o estudante terá contato com a dificuldade de expandir o atendimento dentário a toda a população. E é onde ele pode fazer a diferença, com uma orientação de limpeza dos dentes, até um tratamento mais complexo. É um curso que traz muitos benefícios para a sociedade e para o futuro profissional!

Gostou deste conteúdo? Então fique com a gente e leia também tudo sobre a faculdade de Odontologia.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.