Quanto ganha um engenheiro ambiental?

Maria Vitória
Colaborador do Hora Da Facul

Foto: Mount Polley em Pexels

Engenheiro ambiental é um dos profissionais mais importantes para manter o equilíbrio e a sustentabilidade do nosso planeta.

Capaz de encontrar soluções para o desenvolvimento humano e qualidade de vida das pessoas, ele se tornou indispensável e muito requisitado.

Por isso, hoje iremos compartilhar com você tudo o que precisa saber a respeito do cotidiano do engenheiro ambiental para que se sinta motivado em explorar ainda mais as possibilidades que a Engenharia oferece. Acompanhe!

O que faz engenheiro ambiental

Antes de mais nada, ele é o  profissional que encontra soluções de Engenharia capazes de equilibrar o desenvolvimento humano e a qualidade de vida das pessoas com a preservação do meio ambiente.

Ou seja, é o profissional que desenvolve e analisa projetos de engenharia relacionados ao uso de recursos naturais. 

Por isso, sistemas de tratamento de água, controle de poluição e distribuição de energia estão entre os objetos de trabalho no cotidiano de um engenheiro ambiental.

Mediante a grande necessidade de aliar o desenvolvimento humano com a preservação do meio ambiente, essa profissão acabou se tornando uma das grandes apostas da Engenharia para o futuro. 

Isso porque, a maior parte da existência humana exige o uso de recursos naturais ou têm impactos sobre eles, direta ou indiretamente.

Uma curiosidade, o termo Engenharia ambiental foi consolidado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em sua Conferência das Nações Unidas sobre o Ambiente Humano (1972), representa a capacidade de suprir necessidades do presente sem comprometer as gerações futuras.

Por isso, não é de hoje que se faz tão importante a presença de um engenheiro ambiental no nosso planeta.

9 principais áreas de atuação de um engenheiro ambiental

Agora, que pôde compreender melhor a importância de um engenheiro ambiental para o meio ambiente, confira algumas áreas que poderá atuar após se formar:

  1. controle de poluição — o engenheiro fiscaliza e analisa índices de poluição em indústrias, além de buscar solução para reduzir os impactos dos poluentes na natureza;
  2. geoprocessamento — junto a geógrafos, o engenheiro ambiental pode atuar com mapeamento de solos e regiões para agricultura de precisão, planejamento de vias de transporte etc.;
  3. licenciamento ambiental — qualquer tipo de construção civil precisa ter aprovação pública para ser iniciado. Uma das etapas é o licenciamento ambiental, realizado por engenheiros ambientais e outros profissionais habilitados;
  4. recuperação de áreas — o profissional também é responsável por buscar soluções para reverter a poluição de áreas. Por exemplo, em vazamentos de barragens e rios poluídos;
  5. gestão de recursos hídricos — o engenheiro projeta e coordena a implantação de sistemas de coleta e de abastecimento de água para a população e de redes de captação de água da chuva em grandes empreendimentos;
  6. controle de saneamento — nessa área, o engenheiro ambiental busca soluções para melhorar o sistema de drenagem e de tratamento em estações de esgoto;
  7. matrizes energéticas — elaboração e implantação de soluções mais sustentáveis para a distribuição energética, incluindo o desenvolvimento de projetos de energia renovável;
  8. gestão de resíduos — empresas, indústrias e secretarias municipais de meio ambiente precisam contar com o engenheiro ambiental para criar planos de gerenciamento de resíduos sólidos;
  9. pesquisa em desenvolvimento sustentável — junto a outras profissões relacionadas ao meio ambiente, o engenheiro ambiental pode estar à frente de pesquisas para o desenvolvimento sustentável da humanidade, atuando como acadêmico (com mestrado e doutorado).

As opções de atuação são as mais diversas possíveis e essa é uma profissão que só cresce a cada dia.

Quanto ganha um engenheiro ambiental?

Primeiramente, antes de poder ganhar o seu primeiro salário como engenheiro ambiental será necessário concluir o curso de bacharelado em Engenharia Ambiental e fazer o registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do seu Estado.

Pois, essa associação é responsável por fiscalizar a atuação dos profissionais e se as empresas pagam corretamente seus colaboradores. Então, fique atento a isso.

Sendo assim, de acordo com a legislação brasileira, o salário do engenheiro ambiental é definido de acordo com a carga horária de trabalho, sendo:

  • jornada de 6 horas diárias = 6 salários-mínimos;
  • jornada de 7 horas diárias = 7,25 salários-mínimos;
  • jornada de 8 horas diárias = 8,5 salários-mínimos.

Assim, é bom que já fique ciente que existem maneiras diferentes de recebimento após concluir seus estudos.

Quanto ganha um engenheiro ambiental recém-formado?

A princípio, um engenheiro ambiental recém-formado ganha, em média, R$ 6.063,73 para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais. 

Mas, o teto salarial para a profissão fica em torno de R$ 15.257,59.

Apesar disso, o salário do engenheiro ambiental pode variar de acordo com diversos fatores…

Sendo eles: Experiência, área de atuação, carga horária e porte da empresa em que o profissional atua.

Entretanto, seu salário inicial pode ser um pouco abaixo desse valor em alguns casos. 

Pois, é bem comum que um recém-formado não seja contratado diretamente como engenheiro, mas sim como analista, por exemplo.

Mas, conforme o seu desempenho profissional é possível ir subindo de cargos e aumentando o seu salário gradativamente.

Quanto ganha um engenheiro ambiental na Vale?

Primeiramente, a Vale é uma das maiores mineradoras globais e está presente em cerca de 30 países, sendo a maior produtora mundial de minério de ferro, pelotas e níquel. 

Ou seja, muitos estudantes quando estão na universidade possuem o desejo de ocupar uma vaga nessa mineradora.

Além disso, o  salário do engenheiro ambiental na Vale costuma variar entre R$ 6.468 e R$ 7.079.

Quanto ganha um engenheiro ambiental na Petrobras?

Por ser uma empresa importante do ramo de petróleo e gás do país, a Petrobras se tornou requisitada entre os pós-graduados em engenharia ambiental.

Além disso, ela oferece boas condições de trabalho, remuneração e benefícios para seus colaboradores e isso chama muito a atenção das pessoas.

Sendo assim, é necessário prestar e ser aprovado em concurso público para fazer parte da empresa e o salário mensal do engenheiro ambiental na Petrobras varia entre R$ 11.292 e R$ 14.543.

Onde estudar Engenharia Ambiental

Agora que chegou até aqui, pôde explorar também as possibilidades de ganho que essa profissão promissora oferece.

Por isso, nós do Hora da Facul indicamos a Faculdade de engenharia ambiental na Anhanguera, uma das melhores do país com certificação do MEC e centenas de recursos que vão potencializar os seus estudos.

E ainda, há também a possibilidade de acelerar as coisas e realizar o Tecnólogo em Gestão Ambiental na Pitagoras.

Concluindo, não deixe de conferir nosso artigo sobre: A grade curricular do curso de Engenharia Ambiental.

 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.