Quanto tempo dura a bolsa permanência?

Luma de Lima Oliveira
Professora de língua portuguesa. Coordenadora pedagógica . Revisora de textos . Especialista em SEO . Copywriter . UX writer . Redatora
1

Crédito: Foto de George Pak no Pexels

Quando falamos sobre a bolsa permanência, os estudantes possuem dúvidas sobre como solicitar o auxílio. Sobretudo, quanto tempo dura este tipo de bolsa. Além disso, alguns alunos desconhecem a possibilidade de solicitar este auxílio, seja em universidades públicas ou particulares. 

Entender sobre a duração da bolsa é de extrema relevância. Afinal, isso afeta a duração do curso, bem como das condições socioeconômicas do estudante, as questões relacionadas aos projetos acadêmicos e pessoais, bem como o ingresso no mercado de trabalho. 

Confira neste artigo as principais informações sobre a bolsa permanência e tire a sua dúvida sobre a duração deste  auxílio financeiro.

Mas, afinal, o que é a bolsa permanência?

O Ministério da Educação (MEC) e o Governo Federal, com o intuito de interferir na acentuada evasão no ensino superior, elaboraram os programas de bolsa permanência para instituições de ensino superior. Assim, o auxílio financeiro é direcionado aos estudantes com comprovada vulnerabilidade socioeconômica. 

A bolsa permanência é uma concessão financeira, por parte dos órgãos governamentais, para atender aos grupos sociais que necessitam de ajuda financeira para seguirem na graduação. A medida pretende viabilizar a permanência dos estudantes na graduação, combater a evasão, além de promover a democratização do acesso ao ensino superior

Os valores podem variar, pois, vários fatores são levados em consideração para aplicação do benefício. Alguns são:

  • o curso de graduação em si,
  • faculdade/universidade pública ou privada,
  • modalidade do curso,
  • questões geográficas,
  • gastos com transporte, moradia, entre outros. 

Porém, o valor mais comum a ser pago por estudante é o de R$400,00, conforme as regras do Ministério da Educação. 

Dessa forma, a bolsa permanência se caracteriza como um benefício direcionado aos estudantes que mais precisam. Ademais, cabe destacar que a remuneração também pode ser aplicada por intermédio de bolsas de pesquisa e trabalho na própria instituição de ensino.

Assim, outros incentivos oferecidos para os alunos em troca de remuneração se referem às bolsas para produção de pesquisa científica ou até mesmo às vagas de estágio dentro da própria faculdade ou universidade. 

A importância da bolsa 

Convém lembrar que vários programas e modalidades que visam auxiliar a permanência do estudante no ensino superior estão em vigência no Brasil. Nesse sentido, um dos mais conhecidos se trata da “bolsa permanência”, que pode ser solicitada por estudantes de universidades públicas ou particulares

Muitos alunos se sentem inseguros em relação a como irão se manter ao longo da faculdade. Isso devido ao fato da vida universitária demandar, muitas vezes, investimentos financeiros em diferentes aspectos: transporte, alimentação, livros, materiais específicos (a depender do curso de graduação), entre outros. 

Nesse sentido, estudantes podem contar com a “bolsa permanência”, uma modalidade de auxílio financeiro para que o estudante seja incentivado a seguir na graduação. Isso porque o índice de desistência dos discentes por não conseguirem se manter financeiramente na graduação é elevado. 

A bolsa permanência atua como um programa de incentivo ao estudante, pois tem o objetivo de complementar a renda e garantir que o discente, enquanto preenche os pré-requisitos para receber o auxílio, consiga cursar a graduação sem grandes problemas relacionados ao campo financeiro.

Qual a duração da bolsa permanência?

A vigência da bolsa permanência se inicia a partir do momento em que o estudante preenche os pré-requisitos para recebê-la, sendo o principal o socioeconômico. Para começar a receber o benefício, é necessário verificar quais são os documentos a serem entregues na instituição de ensino, bem como entrevistas ou formulários a serem preenchidos. 

Após a entrega da documentação, a mesma segue para avaliação por parte dos setores responsáveis, dentre os quais estão principalmente a secretaria acadêmica e profissionais de assistência social. Desde que preenchidos os requisitos, o estudante passa a ser contemplado pelo programa. 

Sobre a duração total da bolsa, convém ressaltar que a mesma pode ser recebida até o final do curso. Isso desde que, até lá, o aluno comprove que necessita do programa. Para tal, o estudante deve sempre manter os dados e documentações atualizadas e, quando solicitado, renovar a adesão da bolsa. 

O fato da bolsa não ter uma duração máxima se dá justamente para que o estudante que necessite fazer parte do programa possa estudar até o final da graduação sem qualquer preocupação referente à bolsa. Além disso, o objetivo é que os estudantes concluam cada vez mais o ensino superior no Brasil.

Atenção para não ter a bolsa suspensa!

É muito importante que haja atenção sobre todos os pré-requisitos solicitados para o recebimento da bolsa, além de regras para que a mesma não seja suspensa. Portanto, sempre se informe na instituição de ensino em relação à questão. 

Muitos estudantes relatam a suspensão de bolsas. Um dos principais motivos é a ausência de atualização dos documentos comprobatórios, além de inconsistência em informações. Outro ponto de atenção se dá ao calendário para renovação do auxílio. Por isso, sempre se mantenha atento a esse ponto. 

Assim, ao conseguir a bolsa permanência, sempre atualize os seus dados e, sobretudo, informações sobre a sua vida financeira. Além disso, utilize a sua bolsa apenas para os estudos e evite o uso indevido do benefício. 

Bolsa permanência e ProUni

Os alunos que fazem parte do ProUni, também podem solicitar a bolsa permanência. Embora as bolsas do programa possam ser de 100%, ainda assim os estudantes podem necessitar de auxílio financeiro para custear outras demandas da vida acadêmica. Entre essas estão: transporte, alimentação, livros, entre outros. 

Para solicitar o benefício, não basta apenas ser bolsista pelo ProUni, visto que não é automático. Ao ingressar na graduação, o estudante precisa realizar a inscrição e preencher os requisitos para receber a ajuda financeira. 

Assim, o Governo Federal apresentou o programa de bolsa permanência aos estudantes bolsistas do ProUni. Contudo, é necessário que esses cumpram alguns importantes requisitos:

  • estarem plenamente matriculados;
  • a modalidade do curso deve ser presencial;
  • além disso, é necessário ter bolsa de 100% no curso de graduação.

Por fim, o estudante só será contemplado com a bolsa enquanto tiver vigência a bolsa via ProUni.

Gostou de saber sobre a bolsa permanência? Então continue acompanhando os conteúdos aqui do Hora da Facul!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.