Administração ou Economia: qual curso escolher?

datalla
Colaborador do Hora Da Facul
1

Foto: Duas pessoas em grupo de reunião dao as maos

Temos aqui um dilema: Administração ou Economia – qual curso escolher? Estes cursos, apesar de semelhantes, na prática podem te levar para diversos caminhos. Sendo assim, preparamos um conteúdo especial para você entender melhor ambos universos e assim, escolher o que encaixa melhor na sua vida.

A princípio, você deve saber de uma coisa, os dois cursos fazem parte das Ciências Humanas. Sim, humanas! O curso de Economia contempla uma parte denominada “Ciências Sociais Aplicadas” que é uma espécie de combinação entre as áreas de humanas e exatas.

Mas, mesmo com as semelhanças, os objetivos são distintos. Dessa forma, vamos comparar todas as habilidades e áreas que contemplam esses cursos e carreiras.

Vem com a gente!

Habilidades do administrador

O administrador tem inúmeras possibilidades e uma área de atuação bem ampla. Dessa forma, caso você decida a graduação em Administração, confira as seguintes áreas de atuação:

– Gestão de Recursos Humanos;

– Gestão Financeira e Administrativa;

– Gestão de Projetos;

– Marketing;

– Gestão da Qualidade;

– Gestão de Materiais e Logística.

Para isso, precisa ter não só raciocínio lógico e matemático, mas também visão de processos, capacidade de análise e interesse em contribuir para o desenvolvimento das empresas de todos os setores.

Habilidades do economista

Ao escolher o curso de Economia, saiba que leitura e realização de exercícios serão rotina. Assim, explica-se o porquê o economista é tão importante no mercado. Confira algumas competências deste profissional:

formar preços de produtos e serviços a partir de dados como produção, custos, e margem de lucro adequados para cada setor de atividade;

– elaborar auditorias em empresas, assim como avaliações econômico-financeiras para projetos de investimento, recuperação de empresas, fusões e aquisições e outros;

– contribuir para pesquisas e estudos do cenário econômico para bancos, gerenciamento público, institutos de pesquisa que fornecem dados para a imprensa e as empresas, como o IPEA.

– realizar cálculos relacionados a índices como inflação, desemprego e nível de renda;

– fazer planejamento econômico, financeiro e administrativo.

Sendo assim, ser analítico, possuir bom raciocínio lógico e não se assustar com grandes números e cálculos, são fatores que contribuem positivamente ao longo da sua graduação.

Trabalho: onde o administrador e o economista estão no mercado?

Administrador

O administrador atua em empresas de todos os portes. A partir do estágio – que é realizado ao longo do curso, pode-se definir qual área deseja se especializar e até experimentar.

Ainda, vale enaltecer que um bom administrador sempre estará envolvido com o trabalho em equipe. Dessa forma, habilidades de diálogo, inteligência emocional, empatia e cooperação devem ser parte da rotina.

Mas, se você deseja ter o seu próprio negócio, a Administração contribui para manter os seus investimentos e dinâmicas bem sucedidos. Ah, e isso vale para qualquer empresa que você desejar construir, ok?

Isto se dá porque a Administração foca em processos. Estes, vão desde gerenciamento financeiro e contábil, até gestão de pessoas. O primeiro, contribui para a identificação do que é capital de giro e aprender a administrar um fluxo de caixa. Já o segundo, envolve o desenvolvimento de habilidades emocionais e psicossociais.

A Revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios destaca ser possível começar um negócio próprio com pouco dinheiro, desde que você tenha outros recursos como uma boa rede de relacionamento, uma ideia criativa e conhecimentos de gestão. Mantenha-se informado!

Dessa forma, uma boa ideia é ter experiência na área que você deseja empreender. Isto acontece ao longo do curso em Administração, quando se realizam estágios na área de sua preferência. Sofisticando assim, sua visão de mercado e até o alinhamento de suas expectativas.

Economista

Agora, para quem escolher o curso de Economia, saiba que este profissional está intimamente envolvido com o sistema financeiro. A atuação vai desde bancos públicos e privados até diversos órgãos governamentais, como a Secretaria de Finanças, Desenvolvimento Social, entre outros.

Isto ocorre porque o estudo da matemática financeira é companheiro diário. E, por ser uma área das humanidades, ao longo da graduação você percebe que a matemática financeira e demais aplicações, envolvem muito do entendimento dos aspectos sociais. Interessante, não é?

O mercado financeiro também contrata os economistas pela habilidade matemática e pelo conhecimento de mercado de capitais. Eles podem fazer projeções e análises, já que no curso estuda-se macro e microeconomia.

Você também pode se dedicar a empresas que trabalham com comércio exterior. Estas, demandam o entendimento do câmbio e das relações entre o nosso país e os demais.

Os economistas são profissionais com habilidades nos estudos de formação de preço de produtos industriais e em serviços. Realizam auditorias de contas, processo, projeções de investimento, recuperação de empresas, análise de desempenho financeiro (popularmente conhecido como balanço) e muito mais.

Depois do curso, quanto ganha um administrador e um economista?

Economista

Em média, o salário inicial de um profissional da Economia é de R$3.800,00, segundo o site vagas.com. Mas, pode chegar há R$6.000,00 para profissionais com mais de 2 anos de experiência.

Em 2020 foram abertos concursos públicos como:

– Prefeitura de Imperatriz/MA – R$ 6.000,00.

– Agência Estadual de Regulação/MT – R$ 7.179,00.

– SAAE de Rio das Ostras/RJ (serviço autônomo de água e esgoto) – R$ 7.583,00.

Lembrando, que ser concursado nas áreas da Economia pode ser uma excelente ideia para quem busca estabilidade financeira.

Administrador

O salário médio inicial de um administrador é R$ 2.500,00, segundo o Conselho Federal de Administração.

Em 2021 estão abertos concursos públicos como:

– Universidade Federal do Espírito Santo: R$ 4.638,00.

– Universidade Federal do Rio de Janeiro: R$ 4.180,00.

– Prefeitura de Ouro Preto/MG: R$ 13.440,00.

Perspectivas das profissões

Administração

A demanda por administradores é estável. A  novidade é que o mercado brasileiro tem mudado no sentido da inclusão, de proporcionar mais oportunidades para mulheres, negros e LGBTQIs. Isto, expande e edifica ainda mais o mercado. As possibilidades surgem desde o estágio até cargos efetivos.

Ainda, está em discussão a equiparação salarial entre homens e mulheres na mesma função, podendo elevar a remuneração das administradoras em até 30%. O texto da lei foi alterado pelo Senado e voltou à Câmara em abril. Saiba mais em: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2021/04/26/projeto-que-estabelece-multa-por-desigualdade-salarial-entre-homens-e-mulheres-volta-a-camara

Algumas entidades apoiam os empreendedores com orientação, capacitação e até mesmo captação de recursos para montar um negócio. Um exemplo é a Rede Mulher Empreendedora, que através de uma aceleradora coloca as mulheres em contato com potenciais investidores. Conheça mais sobre essa iniciativa: https://rme.net.br/

Economia

A demanda por economistas têm mostrado crescimento. Este contexto deve-se as imensas possibilidades de inovação tecnológica, investimento e novas propostas empresariais e estatais.

Segundo matéria da revista Exame, o mercado das empresas que unem finanças e tecnologia – as fintechs – deve continuar crescendo no Brasil, pois são uma alternativa aos bancos tradicionais.

Mais baratas e acessíveis, as fintechs atraem pessoas que nunca tiveram contas correntes por meio dos cartões de débito e crédito sem anuidade, e serviços de conveniência para microempreendedores.

Em crescimento, encontra-se também o mercado das corretoras para quem nunca teve acesso aos bancos, como Toro e Rico Investimentos. Os economistas desenvolvem cursos via Youtube, IGTV e outros canais interativos para explicar como e onde investir. Tudo isso usando de uma linguagem acessível e popular.

Onde estudar?

Para quem já estiver no mercado de trabalho, escolher o curso semipresencial pode ser mais conveniente para conciliar seus horários, pois você precisa ir na faculdade apenas um dia por semana. Mas nem por isso, devemos excluir aqueles que preferem os cursos presenciais ou até mesmo, 100% online.

Uma das boas opções para estudar Administração ou Ciências Econômicas é na Faculdade Anhanguera. A partir de R$ 169,90 já é possível começar sua graduação.

Mas, e aí? Qual curso você vai escolher: Administração ou Economia?

Esperamos ter te ajudado!

Aqui, mais alguns links para sofisticar ainda mais a sua escolha:

https://horadafacul.vestibulares.com.br/faculdades/o-que-faz-um-administrador/

https://horadafacul.vestibulares.com.br/faculdades/5-motivos-para-escolher-administracao-como-segunda-graduacao/

https://horadafacul.vestibulares.com.br/faculdades/5-motivos-para-escolher-administracao-como-segunda-graduacao/

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 1 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.