Engenharia Civil x Engenharia Mecânica: entenda a diferença entre os cursos

Luana Ribeiro
Jornalista, produtora de conteúdo, roteirista e podcaster. Especialista em marketing digital e mídias sociais.

Crédito: Fonte: Pexels - This Is Engineering

Depois de muito pesquisar você finalmente decidiu estudar Engenharia. Mas ao procurar mais sobre os cursos se deparou com a seguinte dúvida: qual é a diferença entre a Engenharia civil e a Mecânica? Qual devo cursar? Qual a melhor se encaixa no meu perfil?

A princípio, ambas possuem grande demanda no mercado de trabalho. Ou seja, precisamos de um engenheiro em quase tudo que fazemos, desde equipamentos menores até aquele grande condomínio no seu bairro ou mesmo estradas que percorremos em viagens. 

O ensino superior possui vários cursos de engenharia. Apesar de terem uma base similar, eles apresentam atuações bem diferentes no mercado de trabalho. Para saber mais, separamos algumas informações essenciais que te ajudarão a tomar essa decisão.

Como é estudar Engenharia Civil?

O engenheiro civil tem um papel muito importante na sociedade. Afinal, é ele que vai garantir a segurança e a estrutura dos edifícios e de outras construções. Assim, ao abraçar tal responsabilidade o estudo se torna parte essencial da formação. 

Para entrar no curso de Engenharia Civil pela universidade pública é preciso estar atento à nota de corte (a nota mínima para ingressar no curso). Já para cursar em uma faculdade particular como a Anhanguera é necessário passar no vestibular da própria instituição. O exame pode ser presencial, agendado ou online.

Logo, se sua nota não foi suficiente! Não se preocupe, pois existem diversas oportunidades de bolsas integrais ou parciais e vagas em faculdades particulares.

Você sabe qual área da Engenharia Civil mais combina com você?

 

Preparamos um quiz para você descobrir o seu perfil

 

O que se estuda em Engenharia Civil?

A formação dura em média cinco anos (10 semestres). Ou seja, nesse período você  desenvolverá habilidades e conhecimento técnico. Reunimos algumas disciplinas que você irá encontrar cursando Engenharia Civil. 

Conhecimento na Área de Exatas: sim, você precisa gostar de matemática. E não só matemática, mas também física e química. Elas são a base da engenharia como cálculos, algoritmos, física, eletricidade e magnetismo, química, entre outras. 

Supervisão e Inspeção de Projetos: sua profissão afeta tudo o que está ao redor. Quando construímos um prédio, precisamos saber onde colocá-lo. Ou como o clima da área afetará o edifício. Assim a geologia, hidrometria, topografia, resistência de materiais, gestão de projetos e saneamento ambiental são algumas das matérias que vão ajudá-lo com isso. 

Engenharia Mecânica é o curso certo para você?

 

Preparamos um teste para você descobrir se tem o perfil para ser um engenheiro mecânico

Domínio de Sistemas Tecnológicos: agora, você não poderá sair levantando construções por aí. Primeiramente, tudo precisa ser planejado. O uso de softwares, e outras ferramentas serão importantes para a apresentação de seus planos e projetos. Isso tudo lhe ajudará na resolução de problemas futuros.

As mensalidades do curso em uma instituição privada podem custar entre R$ 399 e R$ 3.000. 

Como é estudar Engenharia Mecânica?

Antes de mais nada, vamos falar sobre as semelhanças entre os cursos. Por exemplo, sua duração é basicamente a mesma. São em média cinco anos de estudo, 10 semestres. Neste curso, você também irá aprender matemática e física.

A rotina do engenheiro mecânico pode ser muito diferente. Sua principal função advém de projetar, construir e manter todos os tipos de sistemas mecânicos. 

A área é muito extensa. Desse modo, você vai poder atuar em indústrias desenvolvendo eletrodomésticos até maquinários agroindustriais. Também é possível trabalhar com montadoras de automóveis, indústrias eletroeletrônicas, nanotecnologia, entre outras.

Confira o que você vai aprender no curso de Engenharia Mecânica:

Domínio das áreas de exatas: como já mencionado anteriormente, matemática, física e química são disciplinas essenciais. Além da termodinâmica, eletrônica, álgebra linear, algoritmos e programação e estatísticas.

Gerenciamento de projetos: não basta apenas saber a matemática, você também precisa conduzir e apresentar projetos. Assim como na Engenharia Civil, no curso de Engenharia Mecânica também é preciso saber planejar. O curso possui na sua grade curricular as disciplinas de administração, controle e automação, planejamento, programação e controle de produção.

Conhecimento de processos mecânicos: a prática é a palavra chave, no curso você tem disciplinas práticas para tornar seu aprendizado ainda mais eficiente. Você vai aprender os elementos da máquina, dinâmica e vibrações das máquinas, processo de fabricação, entre outras disciplinas.

O curso que pode ser à distância ou presencial custa em torno de R$ 500 e R$ 3.000 a mensalidade.

Campo de atuação e mercado de trabalho

Bem, como você já percebeu, a base da engenharia é muito similar. Entretanto, ao comparar suas funções concluímos que são muito diferentes. À medida que você analisa cada curso há alguns fatores devem ser considerados:

Campos de atuação: os engenheiros civis são responsáveis pela parte estrutural dos edifícios. Dessa forma, projeção de estruturas e visitação das obras são atividades muito comuns desse profissional. 

Já o engenheiro mecânico irá focar no bom funcionamento de seus projetos. É claro, que isso depende do seu local de trabalho. Você poderá trabalhar tanto para indústrias, empresas agropecuárias, tecnológicas, entre outras.. 

Salário: de acordo com o Sindicato dos Engenheiros de São Paulo (Seesp), o piso salarial dos engenheiros é em torno de R$ 6.600 podendo chegar até R$ 9.900 de acordo com a carga horária.

Mercado de Trabalho: Segundo o  Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) o mercado de engenharia recebe cerca de 100 mil novos engenheiros a cada ano. Apesar do número crescente, ainda faltam profissionais qualificados. 

Como escolher uma faculdade para estudar engenharia

Como falamos anteriormente, um engenheiro tem um papel muito importante na sociedade, pois é faz parte de vários processos de construção e inovação de serviços que facilitam a nossa vida no dia a dia. E mais do que nunca, é preciso escolher uma boa faculdade para poder cursar engenharia. Confira alguns pontos que você precisa levar em consideração.

Por exemplo, verifique se o curso possui reconhecimento do Ministério da Educação (MEC), conheça a grade de ensino da instituição, procure saber um pouco sobre o corpo docente da faculdade, pesquise por ex-alunos e como eles estão se saindo no mercado de trabalho, conheça a plataforma de ensino disponibilizada pela instituição, verifique os turnos disponíveis, procure saber se a faculdade possui algum tipo de desconto ou oferece alguma bolsa.

A engenharia é um das profissões que melhor pagam no Brasil, por isso e tão importante se preparar e estudar em uma boa faculdade.

Gostou do conteúdo? Avalia esse conteúdo com estrelas logo abaixo. Quer saber quanto ganha um engenheiro concursado, leia mais.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.