Quais carreiras da Administração estão com falta de profissionais?

Gisele Henriques
MBA em Administração e Marketing, Pós Graduada em Jornalismo Esportivo, graduada em Licenciatura em Artes Visuais, Tecnologia em Marketing e Bacharelado em Administração, é graduanda de Direito e de Jornalismo.

Crédito: Foto de PhotoMIX Company no Pexels

Em um mundo globalizado com economia em crise, é preciso saber enxergar oportunidades de carreira e negócios para se destacar. Entre algumas possibilidades de empregos, há carreiras de Administração que ofertam vagas, mas não são preenchidas facilmente.

Algumas áreas precisam de conhecimentos específicos, que podem ser adquiridos através de várias maneiras. Por exemplo, uma pós graduação; cursos livres de média duração, treinamentos e graduações com habilitação em tecnólogo. Tudo isso pode auxiliar na hora de preparar o currículo para competir em uma vaga com carência de profissionais.

Quais áreas de Administração possuem carência de profissionais?

As seguintes áreas abaixo são consideradas mais difíceis de preencher vagas, com oferta em concursos públicos e seleções curriculares para profissionais graduados em Administração.

Já pensou em empreender?

Preparamos um quiz para você descobrir qual é o seu perfil de empreendedor

Gestão de planejamento

O gestor de planejamento é o responsável por avaliar e projetar possibilidades para um projeto, atividade ou mesmo todas as ações futuras de uma empresa em um período de tempo. A função desse profissional é auxiliar na tomada de decisões, e por isso está em constante reavaliação e mudança. Pois, os aspectos internos e externos de um negócio mudam a todo momento.

Considerado um dos princípios básicos da Administração, o planejamento é classificado em estratégico, tático ou operacional, com diferentes níveis hierárquicos. Portanto, gerentes de planejamento podem atuar em diferentes esferas de atribuição, realizando projeções de curto, médio ou longo prazo.

Estados e municípios possuem secretarias de planejamento, com vagas para profissionais de Administração e Gestão Pública. Na área empresarial, indústrias e empresas necessitam de profissionais em planejamento com experiência em rotinas empresarias. Esses gestores podem fazer análises do ambiente externo e interno, pontos positivos, negativos, oportunidades e ameaças, definindo as metas para as ações futuras.

Vai prestar vestibular para Administração?

 

Confira aqui se você já sabe tudo sobre o curso

Gestão orçamentária

Com atividades ligadas diretamente às finanças de empresas e instituições públicas, o profissional em gestão orçamentária é o responsável pelo planejamento, previsão e monitoramento dos resultados financeiros. O foco principal é nos objetivos e necessidade de possíveis ajustes no orçamento.

Entre suas possíveis atribuições, estão a avaliação prévia de risco e retorno de investimentos, consultoria para tomada de decisões financeiras, previsão, negociação ou reversão de empréstimos bancários. Além de estudos para investimentos ou viabilidade de parcerias de negócios. Também poderá construir um plano orçamentário, documento com dados da empresa e seu histórico de movimentações financeiras. Esse plano também avalia o capital de giro existente e possui demonstrativo de contas a pagar e receber.

Controladoria

Esta área é comumente associada a graduação em Contabilidade também sendo considerada uma evolução deste estudo. Porém administradores com especialização em Controladoria também podem atuar. As vagas geralmente são ofertadas em gestão pública (com concursos municipais, estaduais e federais), mas empresas privadas também possuem um departamento de controladoria.

O profissional em Controladoria deve desenvolver competências e habilidades em gestão de qualidade, disciplina de Administração necessária para coordenar orçamentos e funções administrativas. De acordo com o Financial Executives Institute (FEI) possui sete funções básicas: planejamento e controle; interpretação de relatórios; avaliação e consultoria; gestão fiscal; produção de relatórios para o Governo; proteção de ativos e avaliação econômica.

Gerente de operações de plataforma

Atuar no gerenciamento, orçamento e produção em plataformas de petróleo pode não ser considerada uma área muito comum.  Porém é uma interessante demanda para quem busca se especializar em uma área específica. O salário de um gerente de operações de plataforma é considerado bastante compensador, ficando em torno de R$ 25 mil a R$ 45 mil.

É preciso ter conhecimentos na área de gerência de operações para concorrer a uma vaga. O profissional terá funções semelhantes a de um capitão de grandes embarcações. Ele comandará uma tripulação de cerca de 200 pessoas, e terá que  garantir a manutenção da segurança, bem estar da tripulação, aspectos ambientais. Além de controlar as atividades da plataforma.

Como encontrar vagas em Administração com carência de profissionais?

É importante prestar atenção em editais de concursos públicos e na oferta de quantidade de vagas disponíveis para a área. Alguns cargos com conhecimento mais específico oferecem poucas vagas, fazendo com que os candidatos optem pelas áreas com conhecimento mais genérico e maior número de vagas. Isso supostamente aumentaria as chances de passar, fazendo com que algumas áreas tenham baixa procura.

Outra dica é consultar a página “Trabalhe Aqui” de sites de grandes empresas, para observar as vagas disponíveis e procedimentos para candidatura. Sites que ofertam vagas e mecanismo de busca da Internet também são uma interessante fonte de pesquisa.

É importante perceber as oportunidades da comunidade local, ou se há disponibilidade para concorrer a uma vaga em uma cidade próxima. Existem indústrias e negócios que possuem vagas disponíveis. Para essa posições são necessárias habilidades específicas, nem sempre preenchidas pelos profissionais que moram no entorno.

Há boas oportunidades com possíveis chances, dependendo em muito da capacitação profissional, que é um grande diferencial na hora de concorrer a um emprego.

Quer entender mais sobre Graduação em Administração? Confira algumas matérias interessantes:

Como o curso de Administração pode ajudar a empreender

Conheças as diferenças entre presencial, semipresencial e EaD

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.