Quanto ganha um dentista?

Isabella de Andrade
Colaborador do Hora Da Facul

A carreira de Odontologia está entre as mais buscadas pelos estudantes brasileiros em diferentes regiões. E não é para menos, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), ela é a segunda carreira mais rentável do país, ficando atrás somente de medicina. Nós sabemos que a média salarial não é o único ponto importante na hora de escolher uma carreira e que diversos outros fatores devem ser levados em conta. Mas, essa também é uma característica importante, então, afinal, quanto ganha um dentista?

Vale destacar que a profissão de dentista tem se expandido nos últimos anos, ganhando novas possibilidades de trabalho e outros campos de especialização. Além de cuidar do sorriso dos pacientes, os dentistas agora podem cuidar também de distúrbios relacionados à estrutura da face, boca e pescoço. Na área de odontologia, os profissionais podem trabalhar de forma autônoma, em clínicas e consultórios de terceiros ou mesmo abrindo a sua própria clínica dentária.

Entre outras possibilidades estão trabalhos na carreira acadêmica, em empresas de equipamentos e materiais especializados ou mesmo prestar concurso público. Por ser uma carreira tão diversa atualmente, a média salarial pode variar bastante de acordo com a área de atuação escolhida. Para ajudar, separamos algumas das principais possibilidades e suas remunerações.

Vai fazer vestibular para Odontologia?

Descubra se você sabe tudo sobre o curso

Quanto ganha um dentista em diferentes áreas?

A média salarial geral para dentistas gira em torno de R$ 5.394 em 2021, com uma carga horária de aproximadamente 29 horas semanais. O salário pode variar também de acordo com a região. Um dentista em São Paulo, por exemplo, ganha entre R$ 4.923 (média do piso) e R$ 10. 4040 (teto salarial), considerando uma jornada de 29 horas semanais.

Outro fator que também pode influenciar nesses valores é o tempo de carreira e o tamanho das empresas. De acordo com o Site Nacional de Empregos (SINE), um trainee, em uma pequena empresa, ganha em média R$ 2.414, enquanto um profissional master, em grande empresa, pode chegar até R$ 9.960.
Confira aqui outros valores baseados na qualificação e tamanho do local de trabalho:

  1. Trainee: R$ 4.079 (grande empresa), R$ 3.318 (média empresa), R$ 2.414 (pequena empresa)
  2. Junior: R$ 5.099 (grande empresa), R$ 3.922 (média empresa), R$ 3.017 (pequena empresa).
  3. Pleno: R$ 6.374 (grande empresa), R$ 4.903 (média empresa), R$ 3.771 (pequena empresa).
  4. Senior: R$ 7.968 (grande empresa), R$ 6.129 (média empresa), R$ 4.714 (pequena empresa).
  5. Master: R$ 9.960 (grande empresa), R$ 7.661 (média empresa), R$ 5.893 (pequena empresa).

Quanto ganha um dentista nas especialidades mais bem pagas?

Apesar de levarmos em conta o tempo de carreira, formação profissional e tamanho da empresa, outro fator tem grande influência sobre a média salarial na odontologia: a especialidade. Existem algumas que são melhor remuneradas em diferentes regiões e para profissionais com tempo de carreira diverso. Entre elas, estão a Ortodontia, Periodontia e a Bucomaxilofacial.

Separamos algumas delas para te ajudar a se preparar para o mercado. E, vamos aproveitar para conhecer um pouco mais sobre o cotidiano profissional das cinco especializações que pagam os melhores salários.

  1. Ortodondista – R$ 12.087
  2. Odontopediatria – R$ 4.710
  3. Cirurgia Buxomaxilofacial – R$ 4.596
  4. Implantodontista – R$ 4.281
  5. Cirurgião Dentista, odontogeriatria – R$ 4.009
  6. Cirurgião Dentista, clínico geral – R$ 3.836
  7. Cirurgião Dentista, auditor – R$ 3.777
  8. Periodontista – R$ 3.735
  9. Endodontista – R$ 3.571
  10. Cirurgiã dentista, protesista – R$ 3.443

Ortodontista

Essa é a especialidade da odontologia com melhor média salarial no mercado. Por isso, importante para quem quer saber quanto ganha um dentista. O ortodontista trabalha para corrigir a posição dos dentes e ossos do maxilar dos pacientes. O objetivo é que o indivíduo tenha, enfim, a mordida corrigida, evitando dores, contribuindo com a saúde bucal e, além disso, contribuindo com a limpeza. Os tratamentos geralmente são feitos com aparelhos ortodônticos.

Odontopediatria

Essa é uma área importante da Odontologia, responsável por cuidar da saúde bucal de pacientes mais jovens, desde bebês até adolescentes. Logo, o profissional nessa área vai acompanhar todo o desenvolvimento da formação dentária da criança, evitando que o sorriso tenha qualquer tipo de problema nesse período.

Cirurgião Buxomaxilofacial

O especialista nesse tipo de cirurgia trata de doenças da cavidade oral e seus anexos. Entre eles, traumatismos e deformidades faciais (que podem ser congênitos ou adquiridos), deformidades e traumas dos maxilares. Esse profissional é procurado em casos de tumores na cavidade oral ou na região do maxilar, além de implantes dentários e reconstruções ósseas. Por fim, vale destacar que o cirurgião bucomaxilofacial costuma atuar de maneira conjunta a outras especialidades.

Implantodontista

Essa é uma das especialidades mais buscadas nos consultórios odontológicos. Isso acontece porque, com os avanços tecnológicos, os resultados são cada vez mais naturais e os tratamentos acessíveis. A implantodontia se dedica, enfim, a restabelecer a função de mastigação e estética que foram perdidos em razão da ausência de um ou mais dentes. O profissional implanta pinos de maneira cirúrgica, são implantes de titânio que, posteriormente, recebem uma peça protética para substituir os dentes perdidos.

Cirurgião Dentista, odontogeriatria

Diferentes áreas da cirurgia odontológica estão entre as mais bem pagas da profissão. Entre elas, uma em especial tem apresentado uma média alta de salários, a odontogeriatria. O profissional dessa área vai, enfim, cuidar da saúde e do bem-estar bucal dos idosos. Logo, ele ajuda a preservar a arcada dentária inteira e saudável.

O que mais saber sobre quanto ganha um dentista?

Além de pesquisar a média salarial das especialidades da profissão, é importante que você escolha sua área de trabalho a partir de afinidades pessoais. Por fim, é importante investir na especialização, já que pacientes, clínicas e empresas tendem a investir mais em profissionais especialistas. A especialização odontológica exige tempo e estudo. Por isso, optar por áreas que se relacionam com as suas expectativas de carreira é fundamental.

Por fim, outra possibilidade para aumentar a renda média na profissão é investir em qualificação profissional. Pós-graduação, mestrado, cursos extracurriculares, participação em eventos e seminários podem ajudar dentistas de diferentes áreas a valorizarem a própria carreira. E também a alcançarem salários mais altos. Depois de saber mais sobre quanto ganha um dentista, o piso salarial, o teto e as médias de salários em diferentes regiões, dedique um tempo a pesquisar sobre as áreas que te despertaram. Reunindo uma boa perspectiva salarial a uma carreira que te desperte interesse e dedicação.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.