Quanto ganha um enfermeiro do trabalho?

Lygia Barsotti
Jornalista e produtora de conteúdo com13 anos de experiência. Passou pela TV Cultura e por empresas dos segmentos de saúde, educação e bebidas.
1

Crédito: Photo by Pavel Danilyuk from Pexels

Se você já passou mal durante o expediente e foi parar no ambulatório da empresa, muito provavelmente foi atendido por um enfermeiro do trabalho. Prestar essa assistência de saúde aos funcionários é apenas uma de suas várias atribuições. E se você pensa em cursar Enfermagem, essa pode ser uma especialização. Mas já se perguntou quanto ganha um enfermeiro do trabalho?

Como não existe um piso salarial nacional da Enfermagem, o salário do enfermeiro do trabalho depende da região de atuação. Outras variáveis, como nível de formação, tempo de experiência e segmento da empresa escolhida também ajudam a determinar esse valor.

A boa notícia é que a área de Enfermagem do Trabalho vem crescendo, sobretudo após a Norma Regulamentadora 4 (NR4). Ela estabelece que as empresas devem ser obrigadas a contratar profissionais da área de segurança e saúde do trabalho. A quantidade varia de acordo com o número de funcionários e o tipo do risco da atividade da empresa.

Está em dúvida sobre qual curso escolher no vestibular?

 

Preparamos um quiz para você saber se tem perfil para Enfermagem

Nesse sentido, saiba mais sobre as funções e salário da Enfermagem do Trabalho.

O que faz um enfermeiro do trabalho?

A principal atribuição desse profissional é atuar em parceria com o médico do trabalho para prevenir doenças e acidentes laborais e promover o bem-estar dos colaboradores.

Segundo a ANENT – Associação Nacional de Enfermagem do Trabalho, entre as principais tarefas do enfermeiro do trabalho estão:

Fazer faculdade de Enfermagem é o seu sonho?

Preparamos um quiz para você descobrir se o seu perfil combina com o curso

  • Incentivar o uso de EPIs (equipamentos de proteção individual);
  • Prestar os primeiros socorros ao colaborador em acidentes/urgências;
  • Prestar assistência de enfermagem aos funcionários;
  • Promover campanhas de vacinação;
  • Conscientizar sobre diabetes, obesidade, tabagismo e outras doenças;
  • Supervisionar e incentivar a realização de exames ocupacionais (admissional, periódico, demissional, mudança de função e retorno ao trabalho após licença maternidade ou licença médica);
  • Identificar, com o médico do trabalho, a insalubridade e/ou prevalência de doenças em determinadas funções ou setores;
  • Treinar os integrantes da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes);
  • Organizar e administrar a enfermaria da empresa;
  • Registrar dados sobre acidentes e doenças profissionais;
  • Cuidar da segurança e das condições de trabalho.

Quanto ganha um enfermeiro do trabalho?

Primeiramente, não existe um piso salarial nacional da Enfermagem. Dessa forma, os acordos trabalhistas são feitos localmente, por intermédio das entidades de classe. Como resultado, a definição de quanto ganha um enfermeiro do trabalho vai depender da região do País e do segmento em que ele atua, além de seu tempo de carreira.

Entretanto, conforme os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), a média de salário da Enfermagem do Trabalho no Brasil é de R$ 3.400,00 para uma jornada de 41 horas semanais.

A média do piso salarial do enfermeiro do trabalho é de R$ 3.100,00, enquanto o teto fica em R$ 6.265,00.

Já de acordo com o site Vagas.com, a média nacional para o salário do enfermeiro do trabalho é um pouco mais alta, de R$ 3.856,00.

Para se ter uma ideia de como a ausência de um piso salarial da Enfermagem cria situações desiguais, vamos a um exemplo. Enquanto um enfermeiro do trabalho no Rio Grande do Sul ganha, em média, R$ 4.600,00 mensais, um colega do Acre recebe apenas R$ 1.500,00. Três vezes menos!

Para tentar corrigir essa distorção, tramita no Congresso Nacional um projeto de lei. Seu objetivo é instituir um piso salarial nacional de R$ 7.315,00 para enfermeiros com jornada de 30 horas semanais.

Salário do enfermeiro do trabalho por progressão de carreira

Segundo dados do CAGED e do Banco Nacional de Empregos, o salário médio do enfermeiro do trabalho júnior, ou seja, com até quatro anos de formação, varia entre R$ 3.600,00 e R$ 4.420,00, dependendo do porte da empresa.

No caso dos enfermeiros do trabalho de nível pleno, com experiência de quatro a seis anos, o salário vai de R$ 4.660,00 a R$ 5.000,00.

Já os profissionais seniores, com mais de seis anos de carreira, podem ganhar entre R$ 4.900,00 e R$ 6.900,00.

Por fim, os enfermeiros do trabalho master, com mais de oito anos de carreira, têm remuneração entre R$ 5.100,00 e R$ 8.600,00.

Outro fator que determina quanto ganha um enfermeiro do trabalho é o grau de instrução. Ou seja, quanto mais tempo o profissional investe nos seus estudos e aprimoramento, maior pode ser seu salário.

Veja, por exemplo, as médias salariais por nível de formação, conforme o portal Salario.com.br:

  1. Profissionais com ensino superior completo: R$ 3.358,00
  2. Profissionais com pós-graduação: R$ 3.838,00
  3. Profissionais com doutorado: R$ 3.704,00
  4. Profissionais com mestrado: R$ 4.784,00

Conheça médias salariais por região

Na falta de um piso nacional da Enfermagem, a região de atuação influencia bastante quanto ganha um enfermeiro do trabalho.

Confira a seguir os estados da federação com as médias mais altas para o salário do enfermeiro do trabalho.

  1. Rio Grande do Sul: R$ 4.593,00
  2. Santa Catarina: R$ 3.911,00
  3. Rio de Janeiro: R$ 3.839,00
  4. Mato Grosso: R$ 3.731,00
  5. Mato Grosso do Sul: R$ 3.698,00
  6. São Paulo: R$ 3.689,00

Conheça também as cidades que oferecem as melhores remunerações médias para os enfermeiros especializados em Enfermagem do Trabalho.

  1. Rio de Janeiro (RJ): R$ 4.171,00
  2. São Paulo (SP): R$ 3.720,00
  3. Belo Horizonte (MG): R$ 3.603,00
  4. Curitiba (PR): R$ 3.102,00
  5. Ribeirão Preto (SP): R$ 3.066,00
  6. Goiânia (GO): R$ 3.009,00

Remuneração por segmento de empresa

O profissional especializado em Enfermagem do Trabalho lida diretamente com o atendimento aos colaboradores em diversos segmentos.

Geralmente, nas empresas, o profissional integra a equipe do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT). Ele atua em conjunto com o médico do trabalho, técnicos e auxiliares de Enfermagem especializados e com o técnico de segurança do trabalho.

Por ser uma função que zela pela saúde e segurança dos funcionários, existem diversas instituições que contratam enfermeiros do trabalho. São elas:

  • Hospitais
  • Indústrias
  • Fábricas
  • Sindicatos
  • Escolas
  • Postos de saúde

Quando falamos do salário do enfermeiro do trabalho, entretanto, alguns tipos de empresas se destacam. Conheça os segmentos que oferecem as médias de remuneração mais altas.

  1. Serviços combinados de escritório e apoio administrativo (ou seja, enfermeiros do trabalho com atribuições mais administrativas e de gestão): R$ 4.497,00
  2. Indústria de abate de aves: R$ 4.036,00
  3. Atividades de atendimento hospitalar: R$ 3.525,00
  4. Atividade médica ambulatorial restrita a consultas: R$ 3.444,00
  5. Locação de mão de obra temporária (ou seja, empresas terceirizadas que prestam serviços de enfermaria corporativa): R$ 3.344,00

Ainda em dúvida sobre qual área da Enfermagem escolher? Leia nosso artigo sobre 6 áreas da Enfermagem que pagam mais e especializações que um enfermeiro pode fazer.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.